Busca avançada
Ano de início
Entree

Reparação corneal (Parte I e Parte II)

Processo: 11/17665-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2011 - 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:José Luiz Laus
Beneficiário:José Luiz Laus
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Transplante de córnea  Células-tronco mesenquimais  Ceratoplastia penetrante  Âmnio  Coelhos 

Resumo

Parte I: Células tronco mesenquimais são consideradas células adultas pluripotentes que, após isolamento e expansão por cultivo celular, são capazes de se diferenciar em diferentes tecidos. Com a bioengenharia tecidual, aplicada à oftalmologia, têm-se buscado membranas e outros materiais que possam integrar-se à córnea facilitando a reparação sem perda de transparência corneal. Pesquisas recentes tem monstrado a potencialidade do omento em expressar tais células, dispostas em uma fina membrana fenestrada ricamente vascularizada, mantendo fatores de crescimento, angiogênicos, neurotransmissores e mediadores inflamatórios. A membrana amniótica pode ser usada como substrato para cultivo de células, cujas fontes podem ser o limbo, a mucosa oral, a conjuntiva e a própria membrana amniótica. A eficiência da membrana amniótica em corroborar com a reparação corneal já foi confirmada. Com o projeto comparar-se-ão a a ceratoplastias lamelares por enxerto de omento conservado em glicerina à 98%, enriquecido ou não com células tronco mesenquimais, obtidas do omento de coelhos, com a membrana amniótica enriquecida com células tronco mesenquimais do mesmo omento. Proceder-se-á o cultivo celular. O omento e a membrana amniótica, enriquecidos ou não .Os resultados serão avaliados clinica e laboratorialmente.Parte II: Afecções que afligem o estroma corneal profundo, como as distrofias, o ceratocone, os abscessos e os sequestros da córnea, são de relativa freqüência em seres humanos e em animais domésticos. Visando à uma resolução satisfatória, tais desordens podem ser manejadas empregando-se os transplantes corneais penetrantes. Buscar-se-ão, com a pesquisa, avaliar as condições da celularidade endotelial à microscopia especular de não contato, à histologia e à microscopia eletrônica de varredura na ceratoplastia penetrante em coelhos. Serão utilizados 18 animais, sadios, adultos, machos e fêmeas, com peso médio de 3,0 kg. Seis grupos serão constituídos, contendo 3 animais cada. A microscopia especular de não contato será realizada anteriormente a ceratoplastia penetrante, e imediatamente antes da coleta das córneas, no pós-operatório. As avaliações se darão diariamente até se completarem 30 dias e, posteriormente, a cada três dias até se completarem 60 dias da realização das ceratoplastias. Colhidas as córneas, serão realizadas a histologia e a microscopia eletrônica de varredura. Os dados serão tratados estatisticamente, aplicando-se o teste da Regressão Logística e o Programa SAS - Statistical Analysis System. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DA SILVA GOUVEA DE BARROS, SEFORA VIEIRA; ALDROVANI, MARCELA; CORREA DE LACERDA, LUCIANA CENCO; HORR, MONICA; MARINHO, FABIO ANDRADE; LIMA, TIAGO BARBALHO; BALTHAZAR DA SILVEIRA, CAMILA PINHO; DA CUNHA BRITO, FABIO LUIZ; BASSANEZE, VINICIUS; FLECHER, MAYRA CUNHA; BELTRAME, RENATO TRAVASSOS; NAKAMUTA, JULIANA SANAJOTTI; KRIEGER, JOSE EDUARDO; LAUS, JOSE LUIZ. Lamellar keratoplasty in rabbits using an allogeneic free omental graft and omentum- derived mesenchymal cells associated with the canine amniotic membrane. Ciência Rural, v. 46, n. 10, p. 1838-1845, OCT 2016. Citações Web of Science: 1.
SÉFORA VIEIRA DA SILVA GOUVÊA DE BARROS; MARCELA ALDROVANI; LUCIANA CENÇO CORREA DE LACERDA; MÔNICA HORR; FÁBIO ANDRADE MARINHO; TIAGO BARBALHO LIMA; CAMILA PINHO BALTHAZAR DA SILVEIRA; FÁBIO LUIZ DA CUNHA BRITO; VINÍCIUS BASSANEZE; MAYRA CUNHA FLECHER; RENATO TRAVASSOS BELTRAME; JULIANA SANAJOTTI NAKAMUTA; JOSÉ EDUARDO KRIEGER; JOSÉ LUIZ LAUS; KRISHNA DURO DE OLIVEIRA. Lamellar keratoplasty in rabbits using an allogeneic free omental graft and omentum-derived mesenchymal cells associated with the canine amniotic membrane. Ciência Rural, v. 46, n. 10, p. -, Out. 2016.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.