Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação cardíaca em cadelas com sepse devido ao complexo hiperplasia cística endometrial/piometra

Processo: 12/02247-0
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2012 - 31 de maio de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Aparecido Antonio Camacho
Beneficiário:Aparecido Antonio Camacho
Instituição Sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Cardiologia veterinária  Miocardiopatias  Síndrome de resposta inflamatória sistêmica  Sepse  Citocinas  Cães 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:citocinas | Coração | disfunção miocárdica | Síndrome da Resposta Inflamatória Sistêmica | Cardiologia

Resumo

A sepse é definida como uma resposta inflamatória sistêmica que ocorre durante uma infecção. Essa síndrome representa um problema clínico de grande relevância devido a sua alta prevalência e elevada taxa de mortalidade, principalmente quando há disfunção de múltiplos órgãos. Com o objetivo de estudar o grau de disfunção cardíaca apresentada por pacientes caninos, serão avaliadas 20 cadelas, sem distinção de raça, com peso de até 20 kg, apresentando sepse devido ao complexo hiperplasia cística endometrial/piometra. Os animais serão submetidos à avaliação cardiocirculatória mediante aferição da pressão arterial sistêmica, exames eletrocardiográficos convencional e ambulatorial (Holter) de uma hora para a observação da variabilidade da frequência cardíaca no domínio do tempo e também exame ecoDopplercardiográfico para mensuração do tamanho das câmaras cardíacas e determinação dos índices de função miocárdica sistólica, diastólica e global. Amostras de sangue serão coletadas para avaliação das concentrações séricas de fator de necrose tumoral alfa, interleucinas 1², 6, 10 e proteína C reativa, além da análise bioquímica sérica de alanina amino transferase, fosfatase alcalina, ureia, creatinina, proteína total e albumina. Após tais procedimentos, os animais serão submetidos à ovariossalpingohisterectomia. Quinze e 30 dias após o procedimento cirúrgico, os animais serão novamente submetidos a todos os procedimentos de avaliação cardiocirculatória e análises sanguíneas. Os resultados dos parâmetros estudados serão submetidos a teste de normalidade dos resíduos (Cramer-von Mises) e análise de variância, com posterior teste de Tukey para comparação das médias. Os valores também serão submetidos ao teste de regressão múltipla. As análises estatísticas serão realizadas com nível de significância de 5%. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)