Busca avançada
Ano de início
Entree

Reestruturação física e desenvolvimento da coleção do serviço de biblioteca, documentação científica e didática do instituto de medicina física e reabilitação do Hospital das Clínicas FMUSP

Processo: 09/16543-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Infra-estrutura - Faplivros
Vigência: 01 de abril de 2010 - 31 de julho de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Linamara Rizzo Battistella
Beneficiário:Linamara Rizzo Battistella
Instituição-sede: Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Medicina física e reabilitação  Deficiência física  Bibliotecas especializadas 

Resumo

Bibliotecas especializadas têm características peculiares, principalmente em relação a um acervo mais seletivo e atual, se comparado aos modelos de bibliotecas tradicionais, como bibliotecas públicas e escolares, e mesmo às bibliotecas universitárias, com seus acervos mais diversificados em termos de áreas de conhecimento. No Brasil as primeiras bibliotecas especializadas surgiram nas universidades que, desde cedo, se organizaram em departamentos especializados ou faculdades e, cada um destes iniciou a coleção de documentos relativos à sua área específica. Desde então, universidades vêm tentando adequar seus métodos aos novos paradigmas que se apresentam, procurando dotar-se de toda uma infra-estrutura que as auxiliem no desempenho de suas atividades, pois a educação é, inquestionavelmente, um dos fatores da maior importância para o desenvolvimento econômico e social de um país. Neste sentido, dentre os principais instrumentos que se têm para cumprir seus princípios e finalidades, estão às bibliotecas, pois é nelas que se encontra a maior gama de matéria-prima do desenvolvimento e fator básico para seu desempenho, especialmente para o cumprimento das funções indissociáveis de ensino, pesquisa e extensão. Sabe-se que do armazenamento e difusão de conhecimentos já existentes que o ensino, a pesquisa e a extensão serão alcançados em sua totalidade. Porém, se fundamentados em bibliotecas planejadas racionalmente, com coleções e serviços estruturados de maneira coerente e integrada às atividades e objetivos da própria instituição a quem serve. (AU)