Busca avançada
Ano de início
Entree

Relationship between Vitamin D Receptor gene polymorphisms and the components of metabolic syndrome

Processo: 13/25753-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de fevereiro de 2014 - 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Análise Nutricional de População
Pesquisador responsável:Ligia Araujo Martini
Beneficiário:Ligia Araujo Martini
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Vitamina D  Polimorfismo genético  Obesidade 

Resumo

Background: O receptor da vitamina D (VDR), expresso em diversos tecidos e modula a ação de diversos genes. O objetivo do presente estudo foi investigar a associação entre sindrome metabólica (MetSyn) e a presença dos polimorfismos VDR 2228570 C > T e VDR 1544410 A > G em adultos. Metodos: Estudo transversal com duzentos e quarenta e três indivíduos (243. MetSyn foi classificada de acordo com a propoAta do National Cholesterol Educational Program - Adult Treatment Panel III. Resistência e secreção à insulina foram estimadas pelos modelos matemáticos HOMA IR e HOMA-² . Os polimorfismos do VDR 2228570 C > T e VDR 1544410 A > foram detectados pela digestão enzimática, confirmados por PCR alelo específico ou ampliação da mutação refratária. Resultados: Indivíduos com MetSyn e heterozigotos para VDR 2228570 C > T apresentaram maior concentração de iPTH e HOMA-² quando comparados ao sem o polimorfismo. Os indivíduos com homozigoto recessivo para o mesmo polimorfismo apresentaram maior resistência a insulina comparados aos heterozigotos. Não houve associação entre o VDR 1544410 A > G com os componentes da MetSyn, HOMA IR HOMA-², e 25(OH)D3, e paratormônio intacto (iPTH) nos pacientes com MetSyn. Menor concentração de 25(OH)D3 foi observada apenas nos indivíduos sem MetSyn no genótipo VDR 1544410 A > G. Adicionalmente indivíduos sem MetSyn e heterozigotos para VDR 2228570 C > T apresentaram maior concentração de triacilgliceróis e menor HDL comparados ao sem a presença do polimorfismo. Conclusão: A presença de dois polimorfismos do gene do VDR indicam possível influência na secreção e resistência à insulina e na concentração do HDL-colesterol em nossa população amplamente heterogênea. Contudo a influência dos polimorfismos na severidade da MetSyn necessita de amplos estudos de coorte utilizando genome wide association. (AU)