Busca avançada
Ano de início
Entree

Equipamentos com foco para as áreas de Genômica e Biologia Celular

Processo: 15/18820-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Equipamentos Multiusuários
Vigência: 01 de outubro de 2015 - 30 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Convênio/Acordo: MCTI - Laboratórios Multiusuários
Pesquisador responsável:Paulo Arruda
Beneficiário:Paulo Arruda
Instituição-sede: Laboratório Central de Tecnologias de Alto Desempenho em Ciências da Vida (LaCTAD). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Assunto(s):Biologia celular  Genômica  Biologia computacional  Equipamentos e provisões  Laboratórios multiusuários 
Página web do EMU: Página do Equipamento Multiusuário não informada
Agendamento de uso: E-mail de agendamento não informado

Resumo

A aquisição dos equipamentos permitirão atender a maioria das demandas de análises genômicas dos diferentes projetos de pesquisa em desenvolvimento nas diversas instituições de ensino e pesquisa brasileiras nas áreas de medicina, ciências biológicas, farmacêuticas e agrícolas, incluindo: (a) sequenciamento completo de genomas de organismos ainda não sequenciados, incluindo organismos complexos, permitindo o estudos de novas espécies com interesse econômico para a agricultura ou com interesse para o desenvolvimento de novos medicamentos para doenças de interesse estratégico; (b) sequenciamento exaustivo de fragmentos pequenos de DNA para genotipagem (short tags, ESTs, miRNA), identificação de genes específicos, identificação de SNPs, identificação de sítios de ligação para fatores de transcrição (bibliotecas Chip-Seq), permitindo estudos na área médica envolvendo genômica comparativa de genética da população brasileira e sub-grupos da população brasileira para identificação de características que podem estar associadas a predisposições a doenças com importância econômica significativa e também permitindo estudos na área da agricultura com enfoque no estudo de plantas e animais com importância econômica estratégica, como, por exemplo, cana-de-açúcar, soja, milho, arroz, feijão, tomate, gado leiteiro, gado de corte, caprinos, ovinos, asilinos, etc, para a identificação e melhoramento genético de características que permitam a melhor adaptação; (c) sequenciamento de RNA de diferentes organismos (bactérias, fungos, leveduras, peixes, aves, plantas, mamíferos) para determinação de perfil de expressão e análises de expressão diferencial em condições diversas, o que permite a identificação de genes cujos níveis de expressão aumentam ou diminuem dependendo da condição a que o organismo esteja exposto, por exemplo, é possível cultivar diferentes espécies de plantas como cana-de-açúcar, milho, soja, em solos com diferentes condições de acidez e identificar quais serão os genes que terão sua expressão afetada, com isso pode-se selecionar espécies que apresentem melhor adaptação a solos ácidos, permitindo uma economia com insumos químicos para correção do solo antes do plantio destas culturas, economia esta que pode refletir também no consumidor final, beneficiando a população brasileira. (d) geração de dados através de ensaios e análises de diversos tipos de células e tecidos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
LaCTAD: Facilitando a Ciência 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.