Busca avançada
Ano de início
Entree

Fortalecimento do complexo posterolateral do quadril em pacientes com dor lombar crônica inespecífica: um estudo clínico aleatorizado

Processo: 15/07302-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2015 - 31 de maio de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Thiago Yukio Fukuda
Beneficiário:Thiago Yukio Fukuda
Instituição-sede: Campus Ipiranga. Centro Universitário São Camilo (CUSP). União Social Camiliana (USC). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Quadril  Biomecânica  Fisioterapia 

Resumo

Contextualização: A dor lombar crônica inespecífica é um importante problema de saúde pública altamente prevalente em nível mundial e está associada a enormes custos diretos e indiretos para a sociedade. As diretrizes de prática clínica demonstram que muitas intervenções estão disponíveis para o tratamento de pacientes com dor lombar crônica, porém a grande maioria destas intervenções possui um efeito modesto na redução da dor e da incapacidade funcional. Uma abordagem biomecânica que vem sendo levantada é que uma provável fraqueza dos músculos abdutores, extensores e rotadores laterais do quadril (complexo posterolateral - CPL) levaria a excessiva queda contralateral da pelve durante atividades com descarga de peso como andar, correr, subir ou descer escadas, gerando sobrecarga na região lombar. Embora o fortalecimento do CPL venha sendo muito empregado no tratamento de pacientes com disfunções de joelho e quadril, ainda faltam evidências para sua utilização em pacientes com dor lombar crônica. Portanto, perguntas permanecem sobre a eficácia desta estabilização dinâmica do quadril como parte integrante do tratamento convencional em um estudo controlado aleatorizado bem delineado e com poder estatístico. Objetivo: Determinar a eficácia, em relação à melhora funcional, alívio da dor, ganho de forca e variáveis cinemáticas, da adição do fortalecimento do CPL do quadril em pacientes com dor lombar crônica inespecífica que recebem tratamento baseado nos princípios da fisioterapia convencional. Métodos: Setenta pacientes serão inicialmente avaliados por questionários, testes clínicos e funcionais validados, dinamometria manual e análise da marcha com um sistema 2-D. Os sujeitos serão distribuídos aleatoriamente para receber 10 sessões de tratamento em um período de 5 semanas baseado nos princípios da fisioterapia convencional, que consistirá no uso combinado de técnicas de terapia manual e exercícios de estabilização segmentar da coluna vertebral (grupo controle) ou para receber os mesmos tratamentos do grupo controle adicionado a exercícios de fortalecimento do CPL do quadril (grupo CPL). Os desfechos clínicos (intensidade da dor e função), força e variáveis cinemáticas serão medidos em avaliações que serão realizadas na linha de base e 5 semanas após a distribuição aleatória dos pacientes nos grupos. Os dados serão coletados por um examinador cego à distribuição dos grupos aos quais os pacientes serão alocados. Expectativas: Os resultados desse estudo poderão auxiliar na tomada de decisões de fisioterapeutas, assim como reduzir os enormes custos associados a dor lombar crônica. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.