Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento do monitor obstétrico (materno-fetal)

Processo: 15/26361-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de novembro de 2016 - 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica - Engenharia Médica
Pesquisador responsável:Marcelo Cerulli
Beneficiário:Marcelo Cerulli
Empresa:Medical Cirúrgica Ltda. - EPP
Município: São Paulo
Pesq. associados: Alexandre Do Prado Matias
Bolsa(s) vinculada(s):16/25138-3 - Desenvolvimento do monitor obstétrico (materno-fetal), BP.PIPE
Assunto(s):Monitorização fetal  Monitorização fisiológica  Frequência cardíaca fetal  Cardiotocografia 

Resumo

A monitoração fetal eletrônica fornece informação gráfica e numérica da Frequência Cardíaca Fetal (FCF) e da Atividade Uterina (AU) materna que visa auxiliar a equipe clínica na avaliação do bem-estar fetal. Durante o parto, a FCF apresenta frequentes desacelerações e acelerações em resposta à contração uterina ou aos movimentos fetais, onde determinados padrões encontrados podem ser indicativos de hipóxia. Os equipamentos atualmente utilizados para avaliação do desenvolvimento fetal são os Cardiotocógrafos e são geralmente utilizados em consultórios ou clínicas médicas. Eles também são frequentemente utilizados em hospitais para mães de alto risco que são hospitalizadas antes do prazo para observação ou tratamento. A monitoração da FCF é frequentemente utilizada em testes realizados muito antes do parto para avaliar os níveis de oxigenação fetal e a viabilidade da troca materno-fetal através da placenta. Estes equipamentos também são utilizados durante o parto para examinar a frequência e a intensidade das contrações uterinas, o médico pode avaliar o progresso do parto, monitorar o efeito de drogas na indução ou inibição do parto, detectar padrões anormais de contração e monitorar a resposta da FCF à diminuição do fluxo sanguíneo placentário durante as contrações. Entretanto, como o parto é um procedimento cirúrgico, a parturiente também necessita ser monitorizada através de um monitor de sinais vitais, que engloba os principais parâmetros, tais como: Eletrocardiograma (ECG), Saturação de Oxigênio (SpO2) e Pressão Arterial Não Invasiva (PNI), independentemente da necessidade de sedação ou de anestesia. No Brasil, atualmente estima-se que são realizados cerca de 5.250 partos diários, sendo quase que sua totalidade em estabelecimentos assistências de saúde. O desenvolvimento de um Monitor Obstétrico (Materno - Fetal) com um custo acessível tornará o procedimento mais seguro, bem como possibilitará a opção por um produto nacional de forma a tornar independente da aquisição de apenas produtos importados para esta finalidade. O Monitor Obstétrico (Materno - Fetal) consiste basicamente em um monitor fisiológico que realiza a Monitoração de ECG (Eletrocardiograma), SpO2 (Oximetria de Pulso); PNI (Pressão Não Invasiva); Temperatura; Monitoração da FCF (Frequência Cardíaca Fetal) através da detecção fetal por ultrassonografia e Monitoração da AU (Atividade Uterina), bem como a capacidade de registro em papel de todos os dados monitorizados. Este monitor destina-se ao acompanhamento do procedimento cirúrgico durante o parto, visando à manutenção da saúde fetal e materna. O projeto prevê ainda como principal característica a combinação dos dados da mãe e do feto, para obtenção de informações e índices relevantes que auxiliarão a equipe clínica durante o procedimento. Por ser um produto sem similaridade nacional, o Monitor Obstétrico visa criar um novo conceito em monitoração em Centro Cirúrgico Obstétrico, tornando o procedimento mais informativo e seguro tanto para os pacientes como para o Corpo Clínico. Como resultado dos trabalhos objetiva-se, para a fase I do projeto de pesquisa, obter-se uma base de conhecimento preparatória, suficiente para realizar o desenvolvimento prático do produto em uma fase posterior, propiciando à empresa a obtenção de um produto avançado tecnologicamente e altamente competitivo para o mercado nacional e internacional. (AU)