Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto do Uso do Ácido Tranexâmico nas Taxas de Transfusão dos Pacientes com Cálculos Renais Complexos Submetidos à Nefrolitotripsia Percutânea: Estudo Randomizado, Duplo-cego, Placebo-Controlado.

Processo: 16/04644-8
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2016 - 30 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Fabio Carvalho Vicentini
Beneficiário:Fabio Carvalho Vicentini
Instituição Sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores associados:Carlos Alfredo Batagello ; Eduardo Mazzucchi ; Miguel Srougi ; Sabrina Thalita dos Reis Faria
Assunto(s):Urologia  Ácido tranexâmico 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Ácido tranexâmico | cálculo coraliforme | Hemorragia aguda | litiase urinária | urologia

Resumo

Introdução: A litíase urinária é doença de alta e crescente prevalência entre a população mundial, além de taxa de recorrências após o primeiro episodio de até 50%. Alem disso, acomete principalmente a faixa economicamente ativa da população, tendo grande implicações sociais, na economia e com gastos em saúde. Em relação à composição dos cálculos o cálcio constitui um dos seus principais constituintes na literatura mundial, enquanto os cálculos complexos, principalmente os de infecção (struvita) respondem por aproximadamente 7% de todos cálculos. No HCFMUSP, contudo, por ser centro de referencia nacional de tratamento de litíase, esses cálculos complexos podem representar até 30% de todos os casos tratados na instituição. Estes, por sua vez, exigem tratamento individualizado e especializado, sendo a nefrolitotripsia percutânea o método de escolha, pelas altas taxas de sucesso e técnica minimamente invasiva. Contudo, agrega riscos e potenciais complicações, dentre as quais o sangramento é a mais imprevisível e com morbidade significativa, por vezes com necessidade de transfusão de hemoderivados. Nesse cenário o uso de drogas antifibrinolíticas, como o ácido tranexâmico, tem mostrado redução das taxas de sangramento em diversas áreas cirúrgicas, com grande impacto em redução do uso de hemoderivados, morbidade e mortalidade relacionadas ao sangramento intra e pós-operatório.Objetivos: O presente estudo se destina a avaliar o impacto do uso do Ácido Tranexâmico nas taxas de transfusão dos pacientes com cálculos renais complexos submetidos à nefrolitotripsia percutânea assim como avaliar seu valor em queda de hemoglobina, tempo cirúrgico, sucesso imediato e complicações. Alem disso, visa reiterar o papel de segurança do uso da droga já estabelecido na literatura.Materiais e Métodos: Serão selecionados pacientes com cálculos renais complexos pela classificação de GUYS (3 e 4) e após aplicado termo de consentimento livre e esclarecido realizar-se-á randomização em dois grupos: os pacientes que receberão a droga em teste (ácido tranexâmico) e outro grupo placebo. Serão confeccionados e embalados pela Divisão de Farmácia do HCFMUSP tanto a droga ativa quanto o placebo, de forma que tanto os membros da equipe cirúrgica quanto anestésica estejam cegos quanto ao emprego da medicação. Os pacientes serão operados por técnica padronizada pelo serviço de urologia do HCFMUSP e pós-operatório padronizado. Serão avaliadas taxas de transfusão, queda de hemoglobina assim como complicações pós-operatórias precoces e tardias, com avaliações pós-operatorias com 7, 30, 90 e 180 dias. Será realizada tomografia computadorizada no primeiro dia de pós-operatório para avaliar complicações locais e taxa livre de cálculos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)