Busca avançada
Ano de início
Entree

Moderate exercise increases endotoxin concentration in hypoxia but not in normóxia

Processo: 17/02965-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de abril de 2017 - 30 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Ronaldo Vagner Thomatieli dos Santos
Beneficiário:Ronaldo Vagner Thomatieli dos Santos
Instituição-sede: Instituto de Saúde e Sociedade (ISS). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Baixada Santista. Santos , SP, Brasil
Assunto(s):Altitude  Fisiologia do exercício  Exercício físico  Endotoxinas  Enterócitos  Inflamação  Publicações de divulgação científica  Artigo científico 

Resumo

Antecedentes: A hipóxia e altitudes elevadas afetam vários órgãos, o que prejudica importantes funções fisiológicas,Disrupção da barreira intestinal mediada por translocação aumentada de bactérias e níveis aumentados de endotoxina circulante. Fisica Exercício pode alterar a concentração de endotoxina na normoxia. O objetivo deste estudo é avaliar os efeitos do exercício moderado sobre De endotoxina em hipoxia normobarica.Métodos: Nove voluntários saudáveis voluntários exercitados em esteira rolante por 60 minutos a uma intensidade de 50% VO2pico em normoxic ou Condições hipóxicas (4200 m). O sangue foi coletado em repouso, imediatamente após o exercício e 1 hora após o exercício para avaliar o soro Endotoxina. Em condições de exercício hipóxico, a saturação de SaO2% foi menor após o exercício em relação aos níveis de repouso (P <0,05) e retornou ao nível de repouso durante a recuperação na normoxia (P <0,05). A concentração de endotoxina aumentou após o exercício na hipóxia (P <0.05); Permaneceu alta uma hora após o exercício em hipoxia comparada com normoxia (P <0,05) e foi maior após o exercício e recuperação Comparado com os níveis de repouso (P <0,05). A FC foi maior durante o exercício em relação basal em ambas as condições (P <0,05) e RPR Aumento após 60 minutos em comparação com 20 minutos na hipóxia (P <0,05). Exercício moderado realizado em hipoxia equivalente a 4200 m aumentou a concentração plasmática de endotoxina após exercício. Uma hora de repouso em condições normoxic foi insuficiente para a recuperação de endotoxinas circulantes. (AU)