Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de repelente com ativos de origem natural em matriz nanotecnológica com efeito prolongado e sua avaliação de eficácia, segurança e aceitabilidade sensorial

Processo: 16/25009-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2017 - 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Pesquisador responsável:Vânia Rodrigues Leite e Silva
Beneficiário:Vânia Rodrigues Leite e Silva
Instituição-sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Pesq. associados:Newton Andréo Filho
Assunto(s):Análise sensorial  Repelentes  DEET  Nanopartículas lipídicas sólidas  Produtos naturais  Extratos vegetais 

Resumo

Doenças transmitidas por mosquitos afetam milhões de pessoas no mundo a cada ano. Em especial ao Aedes aegypti que pode transmitir dengue, chikungunya e Zika. O controle do vetor e a proteção pessoal são muito importantes para minimizar o surgimento de doenças, principalmente em regiões infectadas com Zika vírus. O uso de repelente é uma prática econômica para preveni-las. Propor alternativas mais seguras, efeitos mais duradouros e eficazes contra diversos insetos são os mais recomendados. O DEET é o ativo mais comum com excelente eficácia contra a picada dos mosquitos presente nas formulações dos repelentes no mercado No entanto, as reações de toxicidade em humanos após as aplicações de DEET podem variar de leve a grave. Para evitar esses efeitos adversos, o uso de extratos vegetais para substituir DEET ocorreu em diversos laboratórios de pesquisa. Os repelentes naturais tem demonstrado bons resultados quanto sua eficácia e segurança. Especificamente, muitos atributos tem sido apontados com propriedade com ação repelente aos óleos essenciais de citronela e aos seus álcoois terpênicos. Com a encapsulação do óleo de citronela e/ou associação com óleos essenciais ou vegetais espera-se como resultado o aumento do tempo de ação repelente e diminuição do odor característico. Tendo em vista que os sistemas nanoparticulados lipídicos, atualmente pouco explorados em nível nacional, são altamente promissores para a veiculação de substâncias bioativas e visando à melhora das propriedades desses sistemas de modo a otimizar sua aplicação será proposto neste projeto a realização de estudos para o desenvolvimento de carreadores coloidais sólidos de base lipídica, associadas a óleos vegetais que poderá abrir nova fronteira para a veiculação de agentes bioativos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) no Pesquisa para Inovação FAPESP sobre o auxílio:
Empresas apresentam produtos inovadores contra doenças transmitidas por mosquitos  
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (12 total):
Mais itensMenos itens
De inseticida que forma película na água a produto que compõe tela de proteção 
Empresas apresentam produtos para evitar a transmissão de doenças por mosquitos 
Empresas apresentam produtos inovadores para combater doenças transmitidas por mosquitos 
Empresas apresentam produtos para combater doenças transmitidas por mosquitos 
Empresas apresentam produtos inovadores para combater doenças transmitidas por mosquitos 
Empresas apresentam inovações para combater doenças transmitidas por mosquitos 
Fapesp: Empresas apresentam produtos para combater doenças transmitidas por mosquitos 
Empresas apresentam produtos para combater doenças transmitidas por mosquitos 
Empresas apresentam produtos inovadores para combater doenças transmitidas por mosquitos 
Produtos inovadores tentam conter combater doenças transmitidas por pernilongos 
Empresas apresentam produtos para combater doenças transmitidas por mosquitos 
Empresas paulistas e mexicanas trocam informações sobre tecnologias de combate a arboviroses