Busca avançada
Ano de início
Entree

I Colóquio "Gênero e psicanálise" - "Qual o gênero da Psicanálise?" USP - PARIS VII - UNESP

Processo: 17/10067-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Vigência: 25 de outubro de 2017 - 27 de outubro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Social
Pesquisador responsável:Nelson da Silva Junior
Beneficiário:Nelson da Silva Junior
Instituição-sede: Instituto de Psicologia (IP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Psicanálise  Gênero  Sociedade 

Resumo

O I Colóquio "Psicanálise e Gênero" - "Qual o gênero da Psicanálise?" visa consolidar uma parceria acadêmica entre a Universidade de São Paulo, a Université Paris VII - Paris Diderot e a Universidade Estadual "Júlio de Mesquita Filho" - Campus Bauru no que diz respeito às pesquisas que relacionem interdisciplinarmente a Psicanálise e as teorias de gênero. O Colóquio - o primeiro de sua natureza a ser realizado nessa escala no Estado de São Paulo - reunirá pesquisadores renomados do Brasil e do exterior que vêm trabalhando nesta direção. A estrutura do Colóquio permitirá a apresentação de 24 trabalhos dispostos em 8 mesas redondas para que outros pesquisadores, bem como estudantes da graduação e pós-graduação possam participar com produções articuladas aos eixos temáticos pertinentes. O evento está organizado de modo a fomentar a exposição e o debate de trabalhos em torno da fronteira entre os conceitos psicanalíticas da sexualidade e outras teorias relativas aos fenômenos contemporâneos ligados às questões de gênero e identidade. Ademais, o evento vincula-se formalmente ao laboratório Plurigenre de Paris VII, bem como à Universidade do Chile. Qual o gênero da psicanálise? A pergunta-título remete à equivocidade semântica da palavra gênero, evocando a dimensão usada na literatura e nas artes, enquanto categoria que indica a espécie de uma composição: ficcional ou documental, impressionismo ou surrealismo? Dirigida à psicanálise, a questão inicial carrega a dúvida: que espécie de saber é o saber psicanalítico? A que tipo de categoria a psicanálise se fia? No entanto, referida pergunta também aponta para a noção de gênero que, por um lado, classifica sujeitos em homens e mulheres, de forma impositiva e binária, e por outro, se reporta à respectiva ruptura dessas categorias normativas. Afinal, como a psicanálise se coloca diante da classificação de gênero? O conteúdo do programa do Colóquio gira em torno desse questionamento e do debate que ele dissemina. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)