Busca avançada
Ano de início
Entree

Linking landscape structure to ecosystem services

Processo: 17/50015-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2017 - 31 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Convênio/Acordo: University of Queensland
Pesquisador responsável:Jean Paul Walter Metzger
Beneficiário:Jean Paul Walter Metzger
Pesq. responsável no exterior: Jonathan Rhodes
Instituição no exterior: University of Queensland, Brisbane (UQ), Austrália
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/23457-6 - Projeto interface: relações entre estrutura da paisagem, processos ecológicos, biodiversidade e serviços ecossistêmicos, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Conservação dos recursos naturais   Alteração ambiental  Banco de dados  Serviços ambientais  Cooperação técnica  Projetos SPRINT 

Resumo

As mudanças na estrutura da paisagem causadas por atividades humanas, como a expansão de áreas urbanas e agrícolas, comprometem a provisão sustentável de diversos serviços ecossistêmicos, como o estoque de carbono, a purificação da água e o controle de pragas. No entanto, o entendimento atual dos processos sócio-ecológicos que relacionam a estrutura da paisagem com a provisão de serviços ecossistêmicos é limitado, o que restringe nossa capacidade de assegurar a provisão desses serviços. Este projeto vai reunir uma equipe interdisciplinar de pesquisadores da Universidade de Queensland (UQ), Universidade de São Paulo (USP) e Universidade Estadual Paulista (UNESP) para lidar com esse assunto. O projeto irá: i) desenvolver um novo modelo conceitual para entender os efeitos da estrutura da paisagem sobre os serviços ecossistêmicos; ii) aplicar e testar esse modelo com dados obtidos no Brasil (Fapesp 2013/23457-6) e na Austrália; e iii) avaliar as implicações destes resultados em termos de políticas públicas de conservação, em especial considerando os mecanismos de compensação ambiental. Foram planejadas duas missões (Outubro de 2017 na UQ; Fevereiro 2018 na USP/UNESP) quando serão estabelecidos grupos colaborativos de trabalho para atingir as três principais metas do projeto. Também será desenvolvida uma estratégia de colaboração de longo-prazo para criar um banco de dados internacional de serviços ecossistêmicos. Este projeto permitirá estreitar os vínculos de colaboração entre UQ, USP e UNESP, colocando estas instituições na vanguarda da pesquisa de serviços ecossistêmicos. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.