Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da motilidade gastrintestinal sob o processo de desintegração de comprimidos, utilizando a biosusceptometria AC

Processo: 06/06489-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2007
Vigência (Término): 30 de junho de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Pesquisador responsável:José Ricardo de Arruda Miranda
Beneficiário:Uilian de Andreis
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Formas farmacêuticas   Motilidade gastrointestinal   Comprimidos

Resumo

A administração oral de formas farmacêuticas sólidas é amplamente empregada na terapêutica. A análise do processo de desintegração é fundamental para o controle de qualidade da indústria farmacêutica. O processo de desintegração depende de diversos parâmetros cuja avaliação deve ser realizada in vivo por metodologias não invasivas. Nesse sentido, muito pouco é conhecido sobre a influência da motilidade gastrintestinal sobre as formas farmacêuticas quando uma medida in vivo é realizada. Neste estudo utilizaremos a inovadora e não-invasiva técnica de BAC para avaliar o comportamento dos comprimidos magnéticos quando agentes que alteram a motilidade gastrintestinal forem usados como modelos para verificar alterações no processo de desintegração, tempo de retenção e tempo de trânsito intestinal de comprimidos revestidos. Além disso, as amostras sanguíneas analisadas por HPLC correlacionarão o processo físico de desintegração com a análise farmacocinética da absorção, procedimento chamado de magnetofarmacocinética.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ANDREIS, Uilian de. Farmacomagnetografia colônia : estudo in vitro da desintegração de comprimidos magnéticos revestidos. 2010. 80 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Botucatu). Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.