Busca avançada
Ano de início
Entree

Cognição e audição: estudo em idosos novos usuários de próteses auditivas não lineares com diferentes tempos de recuperação

Processo: 09/12085-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Maria Cecilia Martinelli
Beneficiário:Rosângela Ghiringhelli
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Auxiliares de audição   Idosos   Audição   Cognição

Resumo

Uma das disfunções mais freqüentes com o processo de envelhecimento é a perda auditiva neurossensorial denominada de presbiacusia. Os idosos com presbiacusia apresentam uma diminuição da sensibilidade auditiva e uma redução na inteligibilidade de fala, comprometendo seriamente o seu processo de comunicação verbal. Pesquisas apontaram a existência de uma relação significativa entre a perda auditiva e o desempenho cognitivo dos idosos. Com relação à adaptação de próteses auditivas sabe-se que há relação entre o status cognitivo e o benefício das características dinâmicas de compressão do processamento do sinal nos aparelhos de amplificação. Objetivo: avaliar e comparar o desempenho de idosos, novos usuários de próteses auditivas não lineares com diferentes tempos de recuperação. Metodologia: Estudo clínico longitudinal a ser realizado no Núcleo Integrado de Assistência, Ensino e Pesquisa em Audição - NIAPEA (UNIFESP/EPM) durante os anos de 2010 e 2011, após aprovação do Comitê de Ética e Pesquisa desta Instituição. Para seleção da amostra, os seguintes critérios de elegibilidade deverão ser estabelecidos: ter idade igual ou superior a 60 anos; ser portador de perda auditiva neurossensorial de grau leve a moderadamente severo bilateral; não ser usuário de próteses auditivas, anteriormente ao início desta pesquisa. Os 40 idosos selecionados serão distribuídos em quatro grupos com 10 indivíduos cada, baseados nos resultados da avaliação do teste ADAS-Cog e no tempo das características dinâmicas da compressão das próteses auditivas a serem adaptadas (tempo de recuperação curto e longo). O Protocolo da Pesquisa a ser aplicado será o seguinte: aplicação de uma Anamnese; realização de avaliação audiológica básica (audiometria tonal e vocal); aplicação do teste "Escala de Depressão Geriátrica" - EDG; aplicação do teste "Alzheimer's Disease Assessment Scale - Cognitive Subscale" - ADAS-Cog; aplicação do questionário de auto-avaliação "Hearing Handicap Inventory for the Eldery" - HHIE; adaptação de Próteses Auditivas segundo a Política Nacional de Atenção à Saúde Auditiva do Governo Federal - Brasil (Portaria SAS/MS N° 432, de 14 de novembro de 2000); formação dos quatro grupos da pesquisa; aplicação do Teste Listas de Sentenças em Português - LSP (Anexo 5) e Avaliação do Reconhecimento de Sentença no Ruído com dois Tempos de Recuperação; reavaliação dos participantes em seis e 12 meses após o início do uso da prótese auditiva através dos testes anteriormente aplicados. Após o término da coleta dos dados, estes serão submetidos à análise estatística. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)