Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistema ubiquitina-proteassoma (UPS) e sua relação com o controle do balanço energético no hipotálamo de camundongos submetidos a dieta hiperlipídica

Processo: 09/53011-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 29 de outubro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Licio Augusto Velloso
Beneficiário:Letícia Martins Ignácio de Souza
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Hipotálamo   Ubiquitinas   Obesidade   Apoptose   Inflamação

Resumo

Dentre os fatores ambientais que contribuem para o desenvolvimento de obesidade, o consumo de dietas ricas em ácidos graxos saturados desempenha o papel mais importante. Estudos recentes realizados por vários grupos, inclusive o nosso, revelam que ácidos graxos saturados presentes na dieta levam ao desenvolvimento de resistência hipotalâmica à ação dos hormônios leptina e insulina, fenômeno este fundamental para que ocorra a quebra no equilíbrio entre ingestão e gasto calórico. Até o momento caracterizaram-se dois mecanismos moleculares participantes da disfunção hipotalâmica na obesidade, ativação de enzimas de resposta inflamatória com atividade serina/treonia quinase, capazes de fosforilar e inativar importantes intermediários das vias de sinalização da leptina e insulina; e, indução de estresse de reticulo endoplasmático, culminando com potencialização de resposta inflamatória e apoptose neuronal. Estudo recente tem revelado que frente a situações que oferecem risco de dano celular, ativa-se com freqüência um mecanismo de controle de trafico e degradação protéico chamado sistema ubiquitina. Alguns estudos já revelaram que a ubiquitinação de proteínas das vias da leptina e insulin podem atenuar os sinais gerados por esses hormônios. O presente projeto visa avaliar a ativação do sistema ubiquitina no hipotalamo de animais alimentados com dieta rica em ácidos graxos saturados. Acredita-se que a caracterização de novos mecanismos envolvidos com a lesão hipotalâmica na obesidade possa evidenciar novos potenciais alvos terapêuticos para essa doença tão prevalente nas sociedades modernas. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SOUZA, Letícia Martins Ignácio de. Sistema ubiquitina-proteassoma no hipotálamo : implicações para a gênese da obesidade. 2013. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Ciências Médicas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.