Busca avançada
Ano de início
Entree

Processamento de sinais acústicos de diferentes complexidades em crianças com alteração de percepção da audição ou da linguagem

Processo: 09/18417-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Eliane Schochat
Beneficiário:Caroline Nunes Rocha-Muniz
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Audiologia   Processamento de sinais acústicos   Percepção auditiva   Percepção da fala   Testes de impedância acústica

Resumo

A fala é um sinal acústico complexo e sua percepção envolve processamento de variados tipos, como a análise auditiva periférica, extração automática das características do som nos núcleos do tronco encefálico, levando a classificação de palavras e fonemas. Uma representação precisa da fala exige muito do sistema auditivo, através da atividade de amplas populações de neurônios da periferia até o córtex, o qual deve ser sensível a mudanças rápidas no espectro, a baixas relações sinal-ruído e a altas taxas de estimulação. O presente estudo tem como objetivo verificar a representação e o processamento auditivo da fala em diferentes níveis da via auditiva por meio de testes comportamentais (avaliação do processamento auditivo), eletroacústicos (pesquisa do efeito de supressão das emissões otoacústicas transientes) e eletrofisiológicos (pesquisa do potencial evocado auditivo de tronco encefálico com estímulo clique e com estímulo de fala e pesquisa do potencial evocado de longa latência com estímulo tone burst e com estímulo de fala), em indivíduos com transtorno do processamento auditivo (TPA) e com distúrbio específico de linguagem (DEL), e ainda, avaliar a sensibilidade e especificidade do PEATE com estímulo de fala para diagnóstico de transtornos do processamento das características acústicas dos sons de fala no sistema nervoso auditivo central. Serão avaliadas 75 crianças com idades entre 6 e 12 anos, que serão divididas em três grupos: 1) crianças com Desenvolvimento Típico (DT); 2) crianças portadores de TPA e 3) crianças com DEL. Nós hipotetizamos que as dificuldades no processamento de fala estão diretamente relacionadas a um déficit na decodificação neural destes sons nos diferentes níveis da via auditiva, alterando a modulação corticofugal, comprometendo os processos de percepção bottom-up e consequentemente os processos top-down. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ROCHA-MUNIZ, CAROLINE NUNES; MAMEDE CARVALLO, RENATA MOTA; SCHOCHAT, ELIANE. Medial olivocochlear function in children with poor speech-in-noise performance and language disorder. International Journal of Pediatric Otorhinolaryngology, v. 96, p. 116-121, MAY 2017. Citações Web of Science: 5.
ROCHA-MUNIZ, CAROLINE NUNES; BEFI-LOPES, DEBORA MARIA; SCHOCHAT, ELIANE. Mismatch negativity in children with specific language impairment and auditory processing disorder. Brazilian Journal of Otorhinolaryngology, v. 81, n. 4, p. 408-415, JUL-AUG 2015. Citações Web of Science: 6.
ROCHA-MUNIZ, CAROLINE NUNES; BEFI-LOPES, DEBORA MARIA; SCHOCHAT, ELIANE. Sensitivity, specificity and efficiency of speech-evoked ABR. HEARING RESEARCH, v. 317, p. 15-22, NOV 2014. Citações Web of Science: 11.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ROCHA-MUNIZ, Caroline Nunes. Processamento de sinais acústicos de diferentes complexidades em crianças com alteração de percepção da audição ou da linguagem. 2011. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.