Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito de um Programa de Treinamento Auditivo em Portadores de Zumbido

Processo: 10/06699-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2010
Vigência (Término): 31 de outubro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Alessandra Giannella Samelli
Beneficiário:Daniele Tugumia
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Audiologia   Treinamento auditivo   Zumbido

Resumo

A hipótese deste estudo é que o uso do treinamento auditivo formal pode causar uma reorganização plástica no sistema auditivo dos portadores de zumbido, promovendo uma melhora do sintoma, em virtude do fortalecimento das sinapses da via auditiva, bem como da sincronia de disparo dos neurônios envolvidos no processamento auditivo. Esta melhora gerada pelo treinamento auditivo poderá ser observada por meio da avaliação comportamental, eletrofisiológica e pela melhora na qualidade de vida destes indivíduos (identificada por meio do questionário THI).O objetivo deste estudo é verificar a efetividade de um programa de treinamento auditivo formal em portadores de zumbido na remissão ou melhora deste sintoma.Para a composição dos dois grupos (GP - grupo pesquisa - e GC - grupo controle), serão selecionados 20 indivíduos de ambos os sexos para cada grupo. Vale ressaltar que o sexo e a idade do GC serão pareados de acordo com o GP. Os critérios de exclusão para o presente estudo serão: limiares auditivos maiores do que 45 dBNA para todas as frequências testadas, alterações nos resultados da imitanciometria, alterações de processamento auditivo conhecidas, uso de bebida alcoólica, uso constante de salicilatos ou alterações neurológicas conhecidas para ambos os grupos (GP e GC), bem como queixa de zumbido assistemático e/ou percepção do zumbido inferior há um ano, sendo os dois últimos critérios aplicados somente ao GP. Serão realizados os seguintes procedimentos: questionário sobre histórico de doenças e audição do paciente; Audiometria Tonal e Vocal; Imitanciometria; Potenciais Evocados Auditivos de Curta, Média e Longa Latência; Acufenometria; Questionário de Gravidade do Zumbido; dois testes de Processamento Auditivo (GIN - Gaps In Noise e Fala com ruído); sessões de Treinamento Auditivo Formal (TAF) - totalizando 8 sessões - apenas para os indivíduos com queixa de zumbido. Ao término das 8 sessões de TAF, os indivíduos serão submetidos à nova avaliação por meio dos procedimentos descritos acima e os resultados serão comparados pré e pós TAF.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TUGUMIA, DANIELE; SAMELLI, ALESSANDRA GIANNELLA; MATAS, CARLA GENTILE; LEITE MAGLIARO, FERNANDA CRISTINA; RABELO, CAMILA MAIA. Auditory training program in subjects with tinnitus. CoDAS, v. 28, n. 1, p. 27-33, JAN-FEB 2016. Citações Web of Science: 1.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
TUGUMIA, Daniele. Efeito de um programa de treinamento auditivo em portadores de zumbido. 2013. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.