Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo computacional de Peptóides como inibidores das proteínas e e NS3 do vírus da dengue

Processo: 10/17085-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2010
Vigência (Término): 30 de novembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica Molecular
Pesquisador responsável:Luis Gustavo Dias
Beneficiário:Fernanda Angélica Sala
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Simulação por computador   Inibidores   Dengue   Proteínas virais

Resumo

Vírus da Dengue, nos seus quatro serotipos (DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4), infectam de 40.000.000 à 100.000.000 de pessoas por ano, sendo responsável por 99% dos casos de febres hemorrágicas virais no mundo. Como vacinas efetivas para o caso do vírus da Dengue ainda estão em desenvolvimento, uma estratégia alternativa é a pesquisa de drogas antivirais. No caso, estudaremos uma classe particular de inibidores, os peptóides, contra duas proteínas virais, a saber: a proteína estrutural E e a proteína não-estrutural NS3. A motivação para o uso de peptóides provém de recentes trabalhos mostrando sua eficácia como agentes antimicrobianos, neutralizadores de endotoxinas de bactérias, drug delivery, entre outros, além de possuir grande resistência à degradação proteolítica. O estudo é fundamentalmente teórico, combinando técnicas de docking, simulação por dinâmica molecular ou Monte Carlo e uma aproximação de resposta linear para estimativa da energia livre de complexação.