Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de biomarcadores bioquímicos em tilápias (Oreochromis niloticus) expostos a óleo diesel e biodiesel

Processo: 10/13634-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Metabolismo e Bioenergética
Pesquisador responsável:Eduardo Alves de Almeida
Beneficiário:Bruno Henrique Bedin
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Biomarcadores   Biodiesel   Óleo diesel   Contaminação   Tilápia

Resumo

Com o aumento da atividade antropogênica, a contaminação do meio ambiente aumentou de forma alarmante. Uns dos contaminantes ambientais mais produzidos no mundo são os derivados do petróleo que atingem, de forma preocupante, o meio aquático. Sendo o petróleo uma forma de energia não renovável, outras formas de energia renovável vêm sendo pesquisadas, uma delas é o biodiesel. O biodiesel pode ser obtido através de matérias primas como óleos vegetais, gordura animal ou óleo residual. Para sua utilização, ele é misturado ao óleo diesel em diferentes concentrações. O que não se sabe ao certo é qual o seu impacto no meio ambiente. A presença de xenobióticos no meio aquático pode acarretar diversas consequências aos organismos, como efeitos carcinogênicos e toxicológicos. Estes efeitos podem ser utilizados como biomarcadores de contaminação, ou seja, qualquer resposta biológica a um poluente ambiental medida nos fluídos e tecidos corpóreos de um organismo ou em seus produtos, que indiquem os efeitos deletérios dos contaminantes no organismo. Muitos compostos derivados do petróleo (como o óleo diesel) e formas alternativas como biodiesel podem ser biotransformados em compostos menos tóxicos pelas monooxigenases, como o complexo multi-enzimático P450. A composição tóxica do óleo diesel pode induzir diferentes isoformas do citocromo P450. O aumento na taxa de biotransformação dos xenobióticos por P450 pode levar a produção de EROs, levando ao estresse oxidativo. Este trabalho visa analisar respostas bioquímicas (enzimas de detoxificação, enzimas antioxidantes e nível de peroxidação lipídica) em uma espécie de peixe chamada tilápia Oreochromis niloticus, após a exposição por 15 e 30 dias à diferentes concentrações subletais de biodiesel (B0, B5 e B20). Testes de toxicidade deverão ser também realizados para obtenção de valores de LC50.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BRUNO HENRIQUE BEDIN. Avaliação de biomarcadores bioquímicos em tilápias (Oreochromis niloticus) expostos a óleo diesel e biodiesel. 2013. 55 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociencias, Letras e Ciencias Exatas..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.