Busca avançada
Ano de início
Entree

Envolvimento do complexo RPA e da proteína Orc1/Cdc6 na replicação dos terminais de cromossomos em Trypanosoma Cruzi

Processo: 11/16670-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Maria Carolina Quartim Barbosa Elias Sabbaga
Beneficiário:Raphael Souza Pavani
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Doença de Chagas   Telômero   Trypanosoma cruzi

Resumo

A doença de Chagas é causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi, afligindo diversas regiões do mundo, com foco principal na América Latina. Apesar dos avanços, a doença de Chagas ainda causa cerca de 40.000 novas infecções por ano. O estudo da biologia molecular desse parasita poderá facilitar o descobrimento de novas terapias e desenvolvimento de drogas antiparasitárias. Nosso grupo estuda a maquinaria de pré-replicação e replicação em tripanosomas e neste projeto pretendemos estudar o papel de alguns componentes destas maquinarias no complexo telomérico de T. cruzi. O complexo telomérico é formado pela interação de DNA com proteínas, sendo que estas últimas podem também interagir entre si e são responsáveis pela manutenção desses terminais. O complexo ORC é um dos componentes que forma a maquinaria de pré-replicação ao longo do cromossomo, incluindo os terminais teloméricos. A proteína RPA de eucariotos compreende um complexo trimérico subdividido em três subunidades, que cumpre independentemente ou juntamente com outras proteínas, diversas funções vitais para a célula, sendo uma peça fundamental na replicação, além da subunidade 1 auxiliar na manutenção dos telômeros. Em tripanossomatídeos, como em Leishmania, apenas a subunidade 1 da RPA é encontrada ligando DNA telomérico. O complexo ORC em Trypanosoma cruzi é formado apenas pela proteína Orc1/Cdc6 e a proteína RPA ainda não foi caracterizada nesse organismo. Este trabalho tem como objetivo clonar, expressar e caracterizar a RPA, bem como analisar a interação dessa proteína e da Orc1/Cdc6 com os terminais cromossômicos deste parasita através da produção e purificação dessas proteínas recombinantes, ensaios de EMSA, captura de proteínas por afinidade ao DNA telomérico biotinilado e análises por FISH/IF. O gene da Orc1/Cdc6 será nocauteado por RNAi para checar a importância de suas interações.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.