Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise de modelos estocásticos utilizados no planejamento da operação de sistemas hidrotérmicos

Processo: 11/14585-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 31 de maio de 2013
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Sistemas Elétricos de Potência
Pesquisador responsável:Marinho Gomes de Andrade Filho
Beneficiário:Danilo Alvares da Silva
Instituição-sede: Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Análise de séries temporais   Geração de energia elétrica

Resumo

Este projeto tem como objetivo principal fazer um estudo comparativo de alguns modelos estocásticos propostos para resolver o problema de Planejamento da Operação de Sistemas Hidrotérmicos (POSH). Neste projeto são considerados sistemas compostos por uma única usina hidrelétrica com um reservatório e a uma termoelétrica, responsável pela geração da energia complementar necessária para atendimento de uma demanda conhecida. A solução do problema de planejamento envolve o cálculo da operação ótima da usina hidrelétrica. O modelo proposto representa as vazões afluentes ao reservatório, por um processo de Markov periódico (modelo periódico auto-regressivo, PAR(1)). Este processo de Markov pode adotar diferentes distribuições de probabilidade condicional. Neste projeto são consideradas as distribuições log-normal, gama e a log-normal com três parâmetros.A política ótima de operação do sistema é obtida com um algoritmo de Programação Dinâmica Estocástica (PDE). Para avaliar esta política ótima são feitas simulações da operação do sistema considerando séries de vazões artificiais, geradas com um modelo PAR(pm), em que pm >= 1, com as diferentes distribuições condicional ajustadas.Para se avaliar a sub-otimalidade do processo de Markov, imposto pela maldição da dimensionalidade inerente aos algoritmos de PDE, foram consideradas séries sintéticas geradas com valores da ordem pm >= 1 e o efeito da dependência estocástica das vazões no desempenho do sistema hidrotérmico é avaliada. Nos estudos realizados neste projeto são considerados dados de usinas hidrelétricas reais, situadas em diferentes regiões do Brasil e apresentando diferentes características hidrológicas.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SILVA, Danilo Alvares da. Modelos estocásticos utilizados no planejamento da operação de sistemas hidrotérmicos. 2013. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação São Carlos.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.