Busca avançada
Ano de início
Entree

Processos cognitivos na interação da percepção e da performance musical

Processo: 11/22510-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Música
Pesquisador responsável:Graziela Bortz
Beneficiário:Helena Mindlin Xavier
Instituição-sede: Instituto de Artes (IA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Cognição musical   Percepção musical

Resumo

De acordo com estudos recentes, o aprendizado de um instrumento e o contínuo estudo para aperfeiçoamento desenvolve determinadas regiões do cérebro, modificando suas estruturas (Schlaug, 2001; Pascual-Leone, 2009; Zatorre et al., 2007). Este projeto tem o intuito de relacionar o conhecimento atual sobre os processos cognitivos envolvidos na percepção e na performance musical ao desempenho dos estudantes de música na disciplina Percepção e Rítmica no Instituto de Artes da UNESP. Esta disciplina tem duração de dois anos e faz parte do currículo de todos os cursos de música neste instituto: Licenciatura em Música e Bacharelado em Composição, Regência, Instrumento e Canto. Este projeto utilizará como ferramenta principal os processos descritos em Wan e Schlaug (2010); Peretz e Zatorre (2003); Zatorre, Chen e Penhune (2007); Palmer (2005, 2006), entre outros autores, que analisam a plasticidade do cérebro dos instrumentistas, mostrando como são adquiridas as habilidades necessárias na performance, e também como são processados os diversos parâmetros musicais no cérebro humano. Além disso, será elaborada uma entrevista estruturada através de um questionário a ser aplicado nos alunos que cursam a disciplina Percepção e Rítmica I e II, com o intuito de entender como acessam/acionam seu conhecimento musical pré-existente, o sistema sensório-motor, entre outros recursos, no momento de realizar exercícios de ditado, solfejo e transcrição de trechos de música real, seguido de entrevista semi-estruturada com sujeitos selecionados a partir dos questionários.