Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise do processo de reparo de defeitos ósseos críticos em calvária de ratos preenchidos com osso autógeno ou bone ceramic: um estudo histométrico e imunoistoquímico

Processo: 12/06309-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Cirurgia Buco-maxilo-facial
Pesquisador responsável:Roberta Okamoto
Beneficiário:André Luis da Silva Fabris
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Cirurgia   Fatores de crescimento do endotélio vascular   Reparo ósseo   Biomateriais   Implantes dentários

Resumo

A falta de osso nos rebordos alveolares é um fator limitante para a colocação dos implantes dentários e, geralmente é causada principalmente em pacientes que sofreram traumatismos dentoalveolares, extrações dentárias traumáticas, ausência dentária congênita, ou com outras patologias que envolvam maxila e mandíbula. Os defeitos ósseos extensos podem demandar um grande período de tempo para o reparo, diminuindo as chances de sucesso. A tendência atual é desenvolver e utilizar biomateriais que acelerem ou, ao menos, permitam o reparo normal e completo do defeito ósseo, diminuindo a taxa de insucesso pós-operatória. O BoneCeramic (Straumann®) é um substituto ósseo 100% sintético, com morfologia para estimular a formação de osso vital. É composto por fosfato de cálcio bifásico (BCP), uma combinação de hidroxiapatita (HA) a 60% em peso e 40% em peso de beta-fosfato tricálcio. Sendo assim, esta pesquisa tem como objetivo avaliar por meio da análise histométrica e imunoistoquímica o potencial osteocondutor de grânulos de hidroxiapatita e betatrifosfato de cálcio (Bone Ceramic - Straumann®) no processo de reparo de defeitos ósseos críticos em calvária de ratos. Para tanto, 48 ratos, machos, adultos serão divididos em três grupos (n=8 por grupo), eutanasiados em dois momentos do experimento, aos 14 dias e aos 28 dias após a cirurgia. Em cada animal será realizado um defeito ósseo crítico na calvária (5 mm) com trefina, sendo o Grupo Controle (CO) - n=16, em que o defeito ósseo crítico será preenchido somente com coágulo; Grupo Osso Autógeno (AUT) - n=16, o defeito ósseo será preenchido com osso autógeno (proveniente do próprio osso coletado da calvária) e, Grupo Bone Ceramic (BC) - n=16, com o defeito ósseo crítico preenchido com osso aloplástico (Straumann ®). Será avaliada a área de tecido ósseo presente na região central dos defeitos ósseos. Os dados obtidos nas análises serão transformados em valores absolutos, de pixels, para valores porcentuais relativos, de modo a minimizar a interferência da diferença do tamanho do negativo das lâminas coradas em hematoxilina e eosina (HE). Para a comparação entre os valores médios obtidos nos diferentes grupos e períodos experimentais, será realizado o teste ANOVA. Será adotado como nível de significância p < 0,05. Além disso, será realizada análise imunoistoquímica, com os anticorpos primários contra RUNX 2, TRAP, VEGF e OCN, para a avaliação dos diferentes estágios do processo de reparo ósseo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ANDRÉ LUIS DA SILVA FABRIS; LEONARDO PEREZ FAVERANI; PEDRO HENRIQUE SILVA GOMES-FERREIRA; TÁRIK OCON BRAGA POLO; JOEL FERREIRA SANTIAGO-JÚNIOR; ROBERTA OKAMOTO. Bone repair access of BoneCeramic™ in 5-mm defects: study on rat calvaria. Journal of Applied Oral Science, v. 26, p. -, 2018.
DA SILVA FABRIS, ANDRE LUIS; FAVERANI, LEONARDO PEREZ; SILVA GOMES-FERREIRA, PEDRO HENRIQUE; BRAGA POLO, TARIK OCON; SANTIAGO-JUNIOR, JOEL FERREIRA; OKAMOTO, ROBERTA. Bone repair access of BoneCeramic (TM) in 5-mm defects: study on rat calvaria. Journal of Applied Oral Science, v. 26, 2018. Citações Web of Science: 1.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FABRIS, André Luis da Silva. Análise do processo de reparo de defeitos ósseos críticos em calvária de ratos preenchidos com osso autógeno ou Bone Ceramic: um estudo histométrico e imunoistoquímico. 2014. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista (Unesp). Faculdade de Odontologia. Araçatuba Araçatuba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.