Busca avançada
Ano de início
Entree

Validade clínica do Inventário Dimensional Clínico da Personalidade

Processo: 12/11934-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2012
Vigência (Término): 31 de agosto de 2014
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Fundamentos e Medidas da Psicologia
Pesquisador responsável:Ricardo Primi
Beneficiário:André Augusto Rossi
Instituição-sede: Universidade São Francisco (USF). Campus Itatiba. Itatiba, SP, Brasil

Resumo

A avaliação de características da personalidade tem sido considerada essencial para aplicações variadas em psicologia e seus resultados têm sido ponderados para a elaboração de hipóteses sobre o funcionamento psicológico de indivíduos ou grupos em contextos variados. Apesar da reconhecida importância do construto e do uso de instrumentos para sua avaliação, evidencia-se uma escassez de pesquisas que busquem evidências de validade para os testes de personalidade e as inferências feitas a partir de seus resultados. Além disso, atualmente existe uma grande ênfase nas abordagens consideradas nomotéticas ou psicométricas que fundamentalmente estão preocupadas com o rigor científico e levam em consideração traços de personalidade interindividuais. No entanto, dentro de uma classificação geral que parte de um grupo nomotético existem casos particulares nos quais a regra geral não se pode aplicar. Com isto, há a necessidade de se explorar a perspectiva idiográfica ou clínica, no sentido de aplicar métodos de análise voltados para os sujeitos ou de seus perfis. Desta forma, este projeto visa desenvolver estudos objetivando a construção, validação e normatização de instrumentos para a avaliação da personalidade baseados em modelos dimensionais. O foco principal dos estudos será o desenvolvimento e o aprimoramento de instrumentos dimensionais de avaliação da personalidade, aplicando-se métodos de análise baseados na Teoria da Resposta ao Item e investigando-se os benefícios desses recursos analíticos no aprimoramento da medida. Também objetiva-se estudar a relação dessas medidas entre si e com outras variáveis enfocando tanto a validação de modelos teóricos sobre a estrutura e dinâmica da personalidade quanto à aplicabilidade em contextos diversos. Para isto, este projeto se utilizará do instrumento SWAP-200 juntamente com instrumento IDCP para realizar um estudo de validade clínica do IDCP, comparando os resultados dos dois testes em um contexto clínico na tentativa de integrar as duas abordagens (nomotética e idiográfica) na avaliação da personalidade.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.