Busca avançada
Ano de início
Entree

Imobilização da dapsona em sistemas biomiméticos: filmes automontados e monocamadas de langmuir e Langmuir-Blodgett

Processo: 13/04246-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2013
Vigência (Término): 31 de maio de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Osvaldo Novais de Oliveira Junior
Beneficiário:Vananélia Pereira Nunes Geraldo
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/14262-7 - Filmes nanoestruturados de materiais de interesse biológico, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):14/03228-5 - Imunolipossomos peguilados contendo paclitaxel: preparação, caracterização e atividade antitumoral, BE.EP.PD
Assunto(s):Lipossomos   Liberação controlada de fármacos   Filmes finos   Dapsona

Resumo

A primeira parte deste projeto prevê a fabricação e caracterização de filmes automontados contendo lipossomos e o antibiótico dapsona. Os lipossomos serão constituídos por dois fosfolipídios aniônicos: o dipalmitoil fosfatidil glicerol (DPPG) e o ácido dimiristoil fosfatídico (DMPA). Os lipossomos contendo o fármaco serão imobilizados em filmes nanoestruturados poliméricos por adsorção física com o dendrímero poliamidoamina (PAMAM). Pretende-se estudar as interações entre os lipossomos e a dapsona, com ênfase na imobilização desse material em filmes automontados e investigar a liberação do antibiótico a partir desses sistemas in vitro. A análise da interação da dapsona com os lipossomos será realizada por meio das técnicas de espalhamento dinâmico de luz (DLS), espectroscopias no infravermelho com transformada de Fourier (FTIR), fluorescência e ultravioleta-visível. A caracterização morfológica e estrutural dos filmes será feita utilizando-se técnicas de microscopia de força atômica (AFM), microbalança de cristal de quartzo (QCM) e espectroscopia por absorção-reflexão no infravermelho com polarização modulada (PM-IRRAS). Na segunda parte deste projeto, a ser realizada no exterior, pretende-se investigar a interação da dapsona com monocamadas de DPPG e DMPA pelas técnicas de Langmuir e Langmuir-Blodgett. Essas interações serão analisadas variando-se parâmetros como metodologia de espalhamento, concentração do fármaco e pH. Os filmes de Langmuir serão caracterizados pelas isotermas de pressão e potencial de superfície e por microscopia no ângulo de Brewster (BAM). Para a caracterização dos filmes LB, serão utilizadas as técnicas de microscopia de força atômica e espectroscopias de fluorescência e na região do UV-vis. Finalmente caracterizaremos o efeito da dapsona sobre o comportamento termotrópico dos sistemas lipídicos a partir de termogramas de calorimetria diferencial exploratória (DSC).

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GERALDO, VANANELIA P. N.; ZIGLIO, ANALINE C.; GONCALVES, DEBORA; OLIVEIRA, JR., OSVALDO N. Interaction of capsaicinoids with cell membrane models does not correlate with pungency of peppers. Chemical Physics Letters, v. 673, p. 78-83, APR 2017. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.