Busca avançada
Ano de início
Entree

A adaptação do AASI no paciente deficiente auditivo idoso comparando o benefício entre a programação padrão e a programação individualizada

Processo: 13/06530-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2013
Vigência (Término): 31 de março de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:José Roberto Pereira Lauris
Beneficiário:Aline Papin Roedas da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Audiologia   Idosos   Aparelho de amplificação sonora individual

Resumo

Com o decorrer dos anos, o organismo se adapta conforme nossas demandas diárias. Da mesma maneira, ocorrem modificações nas estruturas da orelha, interferindo nas características do som incidente. Durante o processo de envelhecimento, a orelha passa por modificações anatomo-fisiológicas que interferem na maneira como o som é decodificado, envolvendo estruturas como orelha externa, média, interna e córtex auditivo.Essas alterações quando somatizadas a outros fatores senis têm grande impacto nos idosos ocasionando entraves sociais como isolamento e depressão, uma vez que se perde o contato com o mundo externo por esta via sensorial. Neste sentido o AASI é capaz de restabelecer não somente este vínculo, mas esperança, inclusão social, novas expectativas, e principalmente, qualidade de vida ao paciente com essa privação. No entanto, ainda existem dificuldades quanto ao uso dos AASI e também quanto ao melhor aproveitamentoda amplificação para o paciente deficiente auditivo idoso. Assim verificou-se a necessidadede um estudo direcionado do processo de adaptação de amplificação sonora nesta população, tratando-se de uma população ativa em crescimento no Brasil e no mundo. O objetivo deste trabalho é analisar a adaptação do AASI no paciente deficiente auditivo idoso comparando o benefício entre a programação padrão e a programação individualizada. Participarão desse projeto 30 pacientes deficientes auditivos idosos,matriculados na Clínica de Fonoaudiologia, que forem selecionados mediante os critérios de inclusão. Serão testadas três programações diferentes com o aparelho UNAMAZ(PHONAK), sendo primeiramente realizada a programação padrão, secundariamente a programação utilizando-se as medidas da REUR do paciente e por último a programação utilizando-se a medida de RECD. A verificação destas medidas será realizada por meio da mensuração com microfone sonda (REAR, REIG) e, posteriormente, será realizado o testeHINT para averiguação do benefício de percepção de fala nas diferentes programações.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SILVA, Aline Papin Roedas da. A seleção do AASI no deficiente auditivo idoso, comparando o desempenho entre a programação padrão e a programação individualizada. 2014. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Odontologia de Bauru Bauru.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.