Busca avançada
Ano de início
Entree

Microestrutura da liga beta metaestável Ti-5553 com tratamento térmico

Processo: 13/18095-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2013
Vigência (Término): 31 de agosto de 2014
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Metalurgia Física
Pesquisador responsável:Claudemiro Bolfarini
Beneficiário:Sara Beatriz Miranda Lage
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Tratamento térmico   Microestruturas   Titânio

Resumo

O setor aeronáutico e o setor de implantes ortopédicos apresentam em comum, guardadas as proporções, componentes submetidos a esforços mecânicos extremamente severos, de modo que as ligas de titânio têm assumido um papel de destaque em ambas as indústrias. O interesse pelas ligas do tipo beta, muito em função dos melhores níveis de resistência mecânica e do baixo módulo elástico, vem crescendo expressivamente, embora o desenvolvimento recente destes metais seja responsável por uma literatura ainda incipiente voltada ao estudo da correlação entre microestrutura e comportamento mecânico. No Brasil, uma das principais limitações para o estudo das ligas beta está associada à necessidade de aquisição no exterior. Nesse sentido, este projeto tem como objetivo a elaboração e caracterização microestrutural da liga beta metaestável Ti-5553. Após a fabricação por fundição em coquilha a partir da diluição de ligas convencionais e elementos de alta pureza e processamento por laminação a frio, tratamentos térmicos de envelhecimento serão empregados para avaliar a retenção da fase beta e a formação da fase alfa com estes tratamentos.