Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da variação do neurotransmissor GABA durante estímulo visual utilizando espectroscopia de ressonância magnética funcional

Processo: 13/06381-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2014
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Gabriela Castellano
Beneficiário:Patricia de Oliveira
Instituição-sede: Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07559-3 - Instituto Brasileiro de Neurociência e Neurotecnologia - BRAINN, AP.CEPID
Assunto(s):Neurociências   Neurotransmissores   Ativação metabólica   Córtex visual   Espectros   GABA   In vivo   Espectroscopia de ressonância magnética nuclear

Resumo

As variações metabólicas que ocorrem no cérebro subjacentes à ativação neuronal ainda estão longe de ser bem compreendidas e quantificadas, e, portanto, constituem objeto de estudo de grande interesse por parte da comunidade científica da área. Uma forma de estudar estas variações é por meio da técnica de espectroscopia por ressonância magnética funcional (fMRS, do inglês functional Magnetic Resonance Spectroscopy), na qual espectros de uma dada região cerebral são coletados de forma dinâmica, enquanto o indivíduo é sujeito a algum estímulo sensorial ou tarefa cognitiva. Neste projeto o principal objetivo é a avaliação da variação do composto ácido gama-aminobutírico (GABA) durante estímulo visual, utilizando a técnica de fMRS. O GABA é o principal neurotransmissor inibitório do sistema nervoso central, e tem sido bastante estudado recentemente em experimentos de MRS "estáticos", porém pouco estudado em experimentos "dinâmicos". A variação de GABA será avaliada, em princípio, através da quantificação de espectros de fMRS que já foram coletados em projeto anterior, mas, conforme a necessidade, poderão ser coletados novos espectros. Os espectros foram adquiridos utilizando a sequência de pulsos MEGA-PRESS de edição espectral. A quantificação dos mesmos será realizada utilizando dois métodos diferentes: o LCModel, que é o método mais usado na quantificação de espectros de MRS in vivo; e o Gannet, conjunto de rotinas em Matlab desenvolvidas pelo grupo do pesquisador Richard Edden, que é um dos principais nomes mundiais no estudo de GABA usando MRS, e é colaborador deste projeto. O projeto será desenvolvido no Grupo de Neurofísica do Instituto de Física Gleb Wataghin da UNICAMP, cujo objetivo é o desenvolvimento de técnicas multimodais para o estudo do cérebro, e que tem sido pioneiro no Brasil na utilização da técnica de fMRS.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)