Busca avançada
Ano de início
Entree

Preditores de complicações da nefrectomia total em pacientes com cálculo renal

Processo: 13/18223-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2014
Vigência (Término): 30 de setembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Alexandre Danilovic
Beneficiário:Gilvan Vinícius de Azevedo Maia
Instituição Sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Urologia   Nefrectomia   Infecção   Complicações   Prevalência   Registros médicos   Tomografia computadorizada
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:cálculo renal | Complicações | Nefrectomia | Urologia

Resumo

A prevalência de cálculo renal é de aproximadamente 8% da população e a incidência está aumentando ao longo das últimas duas décadas. A litíase renal é uma patologia benigna, mas pode ser causa de perda de função renal e de óbito. O tratamento tem como objetivo preservar a função renal e a erradicação de cálculos renais, entretanto, a nefrectomia total pode ser necessária em casos de infecção urinária, dor ou hematúria em rim com função relativa pequena.Objetivo: Determinar os fatores preditores de complicações da nefrectomia total em pacientes com cálculo renal. Materiais e Métodos: Os prontuários de pacientes submetidos à nefrectomia total entre janeiro de 2007 e maio de 2013 em um centro universitário de grande volume cirúrgico serão revisados. Serão incluídos os pacientes que tinham mais de 18 anos na data da cirurgia e cuja causa da nefrectomia total foi cálculo renal. Serão excluídos os pacientes com acompanhamento clínico inferior a 3 meses. Os fatores preditores de complicações serão identificados através de tomografia computadorizada pré-operatória, características anátomo-patológicas do espécime cirúrgico e comorbidades do paciente avaliadas pelas classificações de ASA (American Society of Anesthesiologists) e Charlson. As complicações cirúrgicas serão caracterizadas e classificadas conforme a classificação de Clavien. A função renal será avaliada pela fórmula de MDRD pré-operatória, 3, 6, 12 meses após a cirurgia e no último acompanhamento. O estádio renal será classificado conforme a estratificação do The National Kidney Foundation Kidney Disease Outcomes Quality Initiative (NKF KDOQI) TM. Os dados serão analisados com auxílio do programa SPSS 16.0. O valor de p< 0,05 bicaudal será considerado significante.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DANILOVIC, ALEXANDRE; CUNHA FERREIRA, THIAGO AUGUSTO; DE AZEVEDO MAIA, GILVAN VINICIUS; MIRANDA TORRICELLI, FABIO CESAR; MAZZUCCHI, EDUARDO; NAHAS, WILLIAM CARLOS; SROUGI, MIGUEL. Predictors of surgical complications of nephrectomy for urolithiasis. INTERNATIONAL BRAZ J UROL, v. 45, n. 1, p. 100-107, . (13/18223-6)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.