Busca avançada
Ano de início
Entree

Qualidade superficial e esforços no fresamento do aço SAE 4340 com a técnica de mínima quantidade de fluido

Processo: 14/03636-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2014
Vigência (Término): 30 de abril de 2015
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica - Processos de Fabricação
Pesquisador responsável:Manoel Cleber de Sampaio Alves
Beneficiário:Emanuele Schneider Callisaya
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEG). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Guaratinguetá. Guaratinguetá , SP, Brasil
Assunto(s):Aço   Desgaste abrasivo   Usinagem   Fresagem

Resumo

Muitas pesquisas e indústrias vêm buscando diminuir o uso de fluidos lubrificantes e refrigerantes nos processos de usinagem sem perder em qualidade das peças processadas. Essa diminuição deve-se ao alto custo de manutenção e descarte destes fluidos, além dos vários danos que trazem à saúde dos trabalhadores e ao meio ambiente. Será analisada a qualidade superficial e os esforços no fresamento do aço ABNT 4340 utilizando mínima quantidade de fluido (MQF) em diferentes vazões, comparando com a lubrificação convencional (abundante) na usinagem concordante e discordante para ferramentas de metal duro, com e sem recobrimento. Para as diferentes condições de usinagem será verificada a qualidade superficial das peças usinadas através da análise da rugosidade. Será analisada também a potência consumida e o desgaste de ferramenta. O projeto será desenvolvido no Laboratório de Estudos de Usinagem na Unesp-Guaratinguetá, utilizando um Centro de Usinagem CNC marca DMG modelo DMU50ECO série DMG Ecoline. O aço utilizado nesta pesquisa será o SAE 4340 de grande uso industrial em componentes mecânicos que recebem esforços dinâmicos. A medição da rugosidade será realizada por meio de rugosímetro marca Mahr modelo Marsurf M300. O desgaste das ferramentas será medido com o estereoscópico da Marca Mahr, modelo MarVision MM200. Para a aquisição da potência consumida do motor do centro de usinagem serão usados sensores de efeito Hall marca LEM modelo AT 50 B10 e um sistema de aquisição de dados. Será realizada uma análise estatística apropriada (análise de variância, teste de Tukey, método Taguchi) dos resultados buscando entender os efeitos do MQL no fresamento do aço 4340, além de correlacionar as variáveis de saída. Como resultado pretende-se conhecer os efeitos da MQF no processo de fresamento tangencial concordante e discordante do aço SAE 4340 com fresas de metal duro. (AU)