Busca avançada
Ano de início
Entree

CVT - Transmissão continuamente variável

Processo: 15/19137-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE  
Vigência (Início): 01 de outubro de 2015
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica - Projetos de Máquinas
Convênio/Acordo: FINEP - PIPE/PAPPE Subvenção
Pesquisador responsável:José Luis Bertazzoli
Beneficiário:José Luis Bertazzoli
Empresa:José Luís Bertazzoli - ME
Vinculado ao auxílio:12/51357-3 - CVT - Transmissão Continuamente Variável, AP.PIPE
Assunto(s):Aerogerador   CVT   Geração distribuída   Controle de máquinas

Resumo

As atividades do Pesquisador Responsável aprovadas no auxilio compreendem: 1)Supervisão dos trabalhos dos bolsistas;a)Recrutamento, seleção e contratação; b)Treinamento e acompanhamento dos bolsistas TT nas atividades de apoio ao projeto, em conformidade com a descrição do plano de trabalho relatado no anexo nº 7 da solicitação de reconsideração do auxílio PIPE. 2)Atividades vinculadas ao protótipo funcional: a)Contratação da empresa de engenharia responsável pela definição do conceito de automação e controle. Partindo do protótipo funcional existente, incorporar a ele e avaliar em bancada a solução escolhida como a mais viável, sob supervisão da equipe do ITA. Uma possível alternativa de acionamento angular do disco inclinável (swashplate) consiste em instalar dois conjuntos, um em cada lado do eixo motriz e paralelos a ele, consistindo em fuso esférico acionado por coroa e rosca sem-fim. Os conjuntos são sincronizados e acionados por um servo-motor que movimenta o dispositivo de posicionamento do disco no ângulo requerido pela relação de transmissão. A alternativa consiste em substituir o par de engrenagens por correias e polias dentadas, devendo a empresa projetista solucionar o problema da presença de óleo lubrificante, que é quimicamente incompatível com o elastômero com o qual as correias são fabricadas; b)Projeto da bancada de testes do protótipo funcional, a ser instalada na empresa; c)Aquisição e recebimento dos componentes da bancada: armário elétrico, mesa em estrutura metálica, motor elétrico marca WEG, 5,0 kW, inversor de frequência com controle vetorial de torque, acoplamento, polias e correia, sistema de frenagem, Encoder, CLP SIEMENS, IHM SIEMENS TKP, fusos, buchas de esferas de uma gaiola para acionamento do articulador, sistema de freio por pinça e disco ajustado a fricção manualmente, (instalado no eixo de saída com a finalidade de simular a carga do gerador elétrico), flange de arraste do sistema de articulação (cubo, rolamento axial e flange) e acessórios diversos; d)Projeto conceitual da automação; e)Montagem da bancada; f)Montagem do sistema de automação do protótipo funcional; g)Testes, treinamento e acompanhamento de testes; h)"Congelamento" do conceito da automação para início do projeto no ITA. 3)Atividades vinculadas aos Materiais Permanentes Nacionais (MPN): a)Elaboração do projeto do dinamômetro 30 KW a ser instalado no ITA; b)Aquisição dos componentes do dinamômetro: motor elétrico trifásico 40 CV, inversor de frequência com torque variável, WEG 40 CV (30 KW), 0 a 300 Hz, banco de capacitor trifásico com proteção, 15 KVAR, 220V, 60 HZ, variável e controlável, transformador trifásico elevador com sistema de regulação de tensão em carga (tap variável), 220 V/13,8 kV, 30 kVA, gerador de indução trifásico Bambozzi, rotor tipo gaiola de esquilo (assíncrono), saída 220 V, 30 kVA; c)Aquisição dos materiais elétricos para montagem do dinamômetro: cabos, eletrocalhas, eletrodutos, curvas, terminais, prensa-cabos, etc. d)Aquisição de perfilados metálicos para montagem da base, eletrodo, disco de corte, serra, etc.; e)Aquisição do servidor Dell PowerEdge R715. 4)Atividades vinculadas aos Materiais de Consumo Nacionais (MCN): a)Desenhos mecânicos e especificações de componentes dos protótipos cabeça de série 24 KW (rolamentos, retentores anéis, engrenagens, eixos, rolamentos catraca, disco inclinável, flanges de fixação dos multiplicadores planetários, sapatas de fixação da CVT, etc.); b)Compras de matéria prima, serviços externos de fabricação de componentes, serviços internos; c)Fabricação, montagem na empresa, transporte e testes no dinamômetro do ITA. Montagem no aerogerador do ITA. Divulgação, contratos de parcerias com clientes e testes de campo nos clientes. 5)ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS: a)Relatório administrativo parcial (semestral); b)Relatório administrativo final; c)Relatório científico parcial (semestral); d)Relatório científico final. (AU)