Busca avançada
Ano de início
Entree

Qualidade de vida em pacientes com doenças intestinais crônicas

Processo: 15/21990-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 31 de outubro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Ligia Yukie Sassaki
Beneficiário:Guilherme Andriolli
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Gastroenterologia   Qualidade de vida

Resumo

Introdução: O conceito de "qualidade de vida" (QV) tem ganhado cada vez mais importância para avaliar o impacto de uma doença e o seu tratamento no cotidiano e na vida de seus portadores. A literatura mostra que a avaliação da QV está sendo incorporado nas pesquisas relacionadas à saúde, principalmente, nas doenças crônicas, com o intuito de melhorar as condutas médicas e o tratamento e, ainda, avaliar o impacto delas na vida do paciente, entretanto, ainda são escassos os estudos científicos nesta área. A restauração da QV em geral e da capacidade funcional dos pacientes é uma das metas no tratamento das doenças crônicas. Dentre elas, destacam-se as doenças crônicas que afetam o trato gastrointestinal, as Doenças Inflamatórias Intestinais, os Distúrbios Funcionais e o Tumor do Cólon. Objetivos: Avaliar e descrever a qualidade de vida (QV), sintomas ansiosos e depressivos, frequência de disfunções sexuais e a autoestima em portadores de doenças intestinais crônicas: Doenças Inflamatórias Intestinais, Distúrbios Funcionais do Intestino e Tumor do Cólon. Métodos: Serão avaliados pacientes com diagnóstico de doenças inflamatórias intestinais (Doença de Crohn e Retocolite Ulcerativa), Distúrbios Funcionais do Cólon (Síndrome do Intestino Irritável e Constipação Funcional) e Tumor do Cólon, atendidos nos Ambulatórios do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu. Os pacientes com Tumor de cólon serão avaliados nas Enfermarias antes do procedimento cirúrgico relacionado ao tumor no Hospital das Clínicas de Botucatu e Hospital Estadual de Bauru. Para cada paciente será preenchido um protocolo no qual constam dados sócio demográficos e clínicos, o Questionário de Qualidade de Vida Geral SF-36, a escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão (HAD), questionário de autoestima, questionário da Função Sexual Feminina (FSFI) e o Índice Internacional de Função Erétil (IIEF).