Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do estresse agudo por restrição e do tratamento com a clozapina na modulação das respostas de inibição por pré-pulso do reflexo de sobressalto acústico e interação social em ratos Wistar

Processo: 15/14125-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2016
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Fisiológica
Pesquisador responsável:Regina Cláudia Barbosa da Silva
Beneficiário:Ana Keyla Werder
Instituição-sede: Instituto de Saúde e Sociedade (ISS). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Baixada Santista. Santos , SP, Brasil
Assunto(s):Esquizofrenia   Modelos animais   Relações interpessoais   Transtornos de estresse traumático agudo

Resumo

O estresse é um a fator de risco importante no desenvolvimento de vários transtornos psiquiátricos incluindo a esquizofrenia. O objetivo do presente estudo é o de avaliar se os efeitos da exposição ao estresse agudo por restrição poderá afetar negativamente aspectos cognitivos e a função social em ratos Wistar machos. A restrição será utilizada como um estímulo estressor agudo, pois é um modelo de estresse inescapável bastante utilizado para o estudo de alterações comportamentais e de neuroplasticidade em ratos. O domínio cognitivo de interesse neste estudo será a atenção avaliada através do teste de Inibição por Pré-Pulso (IPP) do Reflexo de Sobressalto Acústico. A resposta de IPP ocorre quando um estímulo acústico fraco (pré-pulso) é apresentado imediatamente antes de um estímulo acústico forte (pulso), reduzindo a magnitude da resposta de sobressalto, constituindo-se em uma medida operacional de entrada sensório-motora. Pacientes com esquizofrenia exibem déficits de IPP. Problemas no funcionamento social são características freqüentes e persistentes em pacientes com esquizofrenia. Para avaliar o isolamento social nós utilizaremos o modelo de interação social. Este teste mede uma série de comportamentos sociais apresentados por roedores em sua interação com um con-específico não familiar. Na tentativa de traçarmos um paralelo com a clínica, pretendemos verificar se o tratamento com a clozapina (5 mg/kg; IP), um antipsicótico atípico largamente utilizado na clínica, será capaz de reverter ou atenuar os déficits, produzidos pela restrição aguda nos parâmetros comportamentais avaliados. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)