Busca avançada
Ano de início
Entree

Sensibilidade in vitro de Porphyromonas Gingivalis e Aggregatibacter actinomycetemcomitans frente ao óleo resina e substâncias isoladas de espécies de Copaifera spp

Processo: 16/07075-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Carlos Henrique Gomes Martins
Beneficiário:Filipe Santos Ferreira Mendes
Instituição-sede: Coordenadoria Adjunta de Graduação. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/13630-7 - Validação química e farmacológica de extratos e princípios ativos de espécies de Copaifera, AP.TEM
Assunto(s):Plantas medicinais   Antibacterianos

Resumo

O uso de compostos naturais vem sendo amplamente explorado e aprimorado nas ultimas décadas. Com o crescimento do apelo de produtos naturais e orgânicos na indústria alimentícia e cosmética, novas fontes de exploração vêm sendo descobertas e áreas para pesquisa vêm sendo disponibilizadas. Uma destas espécies utilizadas é a Copaifera spp., tradicionalmente utilizada pelas populações nativas da floresta amazônica e de grande importância comercial nesta região. Sua utilização para fins farmacêuticos se dá através de seu óleo resina, retirado de seu tronco, este pode passar por variados processos químicos de onde se obtém os compostos que este estudo se propõe a avaliar seu potencial antimicrobiano. Para a avaliação desta propriedade, serão utilizados o método da diluição em caldo visando à determinação da Concentração Inibitória Mínima (CIM). A partir do óleo resina e substâncias isoladas, serão ainda determinadas as respectivas Concentrações Bactericidas Mínimas (CBM). Todos estes testes seriam realizados com cepas padrão e isolados clínicos obtidos na clinica de odontologia da Universidade de Franca. Com esta pesquisa esperamos contribuir para a criação de fármacos e tratamentos de grande valia para o combate da doença periodontal através de fármacos como enxaguatórios bucais, substancias irrigantes para serem usadas durante o tratamento periodontal, ou até mesmo dentifrícios, trazendo assim uma nova alternativa no combate da doença, contribuindo para uma odontologia mais promissora.