Busca avançada
Ano de início
Entree

Eletrodo de carbono vítreo modificado com nanotubos de dióxido de titânio e filme de tapioca para detecção do hormônio estradiol

Processo: 16/04743-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Bruno Campos Janegitz
Beneficiário:Gabriela Carolina Mauruto de Oliveira
Instituição-sede: Centro de Ciências Agrárias (CCA). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Araras , SP, Brasil
Assunto(s):Sensores   Eletroquímica   Estradiol   Dióxido de titânio

Resumo

O interesse no desenvolvimento de sensores vem crescendo gradativamente ao longo dos anos, visto que a utilização destes atende à demanda na geração de dispositivos de baixo custo que forneçam respostas rápidas. A utilização de nanopartículas metálicas na construção de eletrodos modificados ampliou-se em decorrência de suas características eletrocatalíticas e aumento de superfície de contato que auxiliam em uma melhor sensibilidade. Neste contexto, os nanotubos de TiO2 são materiais que apresentam características termodinâmicas, elétricas e químicas interessantes para seu uso em sensores eletroquímicos. A tapioca é um material com alta carga de amido e características intrínsecas que auxiliam na formação de filmes nanostruturados, podendo ser utilizada para a fixação de nanomateriais em eletrodos modificados.Eletrodos baseados em nanomateriais têm sido desenvolvidos para a detecção de diversos analitos, entre eles hormônios. Tanto em questões ambientais como na área médica, o estudo e detecção de hormônios são de elevada importância. Sendo um hormônio de alta potência estrogênica e presente no desenvolvimento de uma diversidade de doenças, o estradiol apresenta relativo interesse em ser detectado de maneira rápida e com confiabilidade. A partir disto, o objetivo deste projeto é o desenvolvimento de um sensor modificado com nanotubos de TiO2 empregando tapioca como biofilme aderente, para a detecção do hormônio 17²-estradiol em diversas matrizes biológicas, como urina, soro e amostras de água.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PEREIRA, TAMIRES DOS SANTOS; MAURUTO DE OLIVEIRA, GABRIELA C.; SANTOS, FABRICIO APARECIDO; RAYMUNDO-PEREIRA, PAULO A.; OLIVEIRA, JR., OSVALDO N.; JANEGITZ, BRUNO CAMPOS. Use of zein microspheres to anchor carbon black and hemoglobin in electrochemical biosensors to detect hydrogen peroxide in cosmetic products, food and biological fluids. Talanta, v. 194, p. 737-744, MAR 1 2019. Citações Web of Science: 5.
MAURUTO DE OLIVEIRA, GABRIELA C.; DE PALMA, ELISANGELA P.; KUNITA, MARCOS H.; MEDEIROS, ROBERTA ANTIGO; DE MATOS, ROBERTO; FRANCISCO, KELLY ROBERTA; JANEGITZ, BRUNO C. Tapioca Biofilm Containing Nitrogen-doped Titanium Dioxide Nanoparticles for Electrochemical Detection of 17-beta Estradiol. Electroanalysis, v. 29, n. 11, p. 2638-2645, NOV 2017. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.

Patente(s) depositada(s) como resultado deste projeto de pesquisa

Solicitação em análise e dentro do prazo legal de sigilo previsto na legislação BR1020180018230 - Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR) . Solicitação em análise e dentro do prazo legal de sigilo previsto na legislação - 29 de janeiro de 2018