Busca avançada
Ano de início
Entree

Produção e bioatividade de oligossacarídeos não digeríveis (ONDs) a partir de resíduos do processamento de alimentos

Processo: 16/09072-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2016
Vigência (Término): 31 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Convênio/Acordo: Innovation Fund Denmark
Pesquisador responsável:Jonas Contiero
Beneficiário:Thais Milena de Souza Bezerra
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/50276-8 - Produção de oligossacarídeos a partir de resíduos do processamento de alimentos, AP.TEM
Assunto(s):Enzimologia   Enzimas imobilizadas

Resumo

Os oligossacarídeos não digeríveis (ONDs) têm recebido muita atenção já que apresentam importantes propriedades biológicas promovendo efeitos benéficos a saúde. Sua capacidade de estimular seletivamente o crescimento de bactérias da microbiota intestinal produz diversos benefícios a saúde como melhora do sistema imune e a diminuição da proliferação de microrganismos patógenos. Dentre os diversos ONDs destacam-se fruto- oligossacarídeos e galacto-oligossacarídeos por sua reconhecida propriedade prebiótica e os ONDs emergentes obtidos a partir das hemiceluloses (xilo-oligossacarídeos e manano-oligossacarídeos) com potenciais bioatividades e propriedades prebióticas. Neste sentido o desenvolvimento de preparações enzimáticas que apresentem atividade, estabilidade e seletividade, assim como a escolha de substratos de baixo custo são aspectos importantes para produção de ONDs em grande escala como suplemento alimentar. Inserido neste contexto encontra-se o objetivo deste projeto que é a produção e imobilização de enzimas (inulinase, xilanase e mananase) em membranas filtrantes, associado ao desenvolvimento de um reator enzimático de membrana para produção de oligossacarídeos não digeríveis utilizando como substratos subprodutos do processamento de alimentos. O estudo da fermentação dos ONDs obtidos por microrganismos produtores de butirato presentes na microbiota intestinal constitui outro objetivo importante, devido as diversas bioatividades do butirato e da escassez de informações sobre a estimulação do crescimento destas bactérias por compostos prébióticos. (AU)