Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinação de AEA e 2-AG em amostras de plasma por Bio-SPME-Nano-ESI

Processo: 16/16180-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 15 de janeiro de 2017
Vigência (Término): 14 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Maria Eugênia Queiroz Nassur
Beneficiário:Vinicius Ricardo Acquaro Junior
Supervisor no Exterior: Janusz Pawliszyn
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Waterloo, Canadá  
Vinculado à bolsa:14/22140-1 - Cromatografia líquida de ultra eficiência bidimensional com detecção por espectrometria de massas em tandem (2D-UPLC-MS/MS) para determinação de fármacos em amostras de plasma de pacientes esquizofrênicos, BP.DR
Assunto(s):Endocanabinoides

Resumo

Endocanabinóides (ECs) atuam sobre os receptores canabinóides, tais como CB1 e CB2 e há uma grande variedade de interações entre o sistema receptor CB1 com diversos neurotransmissores e neuromoduladores no sistema nervoso central e periférico. A multiplicidade das funções atribuídas aos ECs, torna-os um alvo emergente da farmacoterapia para um grande número de doenças. Os dois ECs mais importantes são a anandamida (AEA) e o 2-araquidonoil glicerol (2-AG), sendo uma tarefa árdua a determinações de AEA e 2-AG em matrizes biológicas, pelo fato desses compostos existirem em baixas concentrações, possuem baixa estabilidade química e ao baixo volume de amostra disponível. A principal característica da espectrometria de massas com ionização ambiente (em inglês Ambient Mass Spectrometry, AMS) é a capacidade de análise com mínima ou sem nenhuma preparação de amostra. No entanto a pura ionização ambiente apresenta limitações previsíveis para análise de matrizes complexas, com a supressão da ionização, baixa sensibilidade em níveis de traços e estreita faixa linear dinâmica. Para solucionar este inconveniente, é desejado o desenvolvimento de métodos que integram de forma eficiente a etapa de preparo de amostra e de ionização. As fibras de micro extração em fase solida biocompatíveis (em inglês Solid Phase Micro Extraction, SPME) permitem a extração de pequenas moléculas em matrizes biológicas por imersão direta (em inglês Direct Immersion, DI), impedindo a adsorção de macromoléculas junto a fase estacionária. Baseado na significativa vantagem do direto acoplamento das fibras SPME biocompatíveis com a espectrometria de massas por ionização via "nanoelectrospray", este projeto propõe o uso de Bio-SPME-Nano-ESI para a determinação de AEA e 2-AG em amostras de plasma de pacientes com doenças neurológicas. A otimização do processo de extração/enriquecimento e ionização dos analitos será realizada através da técnica de planejamento experimental (em inglês Design of Experiments, DOE). A validação analítica do método Bio-SPME-Nano-ESI será realizada de acordo com os critérios estabelecidos pelo FDA.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LOOBY, NIKITA T.; TASCON, MARCOS; ACQUARO, JR., VINICIUS R.; REYES-GARCES, NATHALY; VASILJEVIC, TIJANA; GOMEZ-RIOS, GERMAN AUGUSTO; WASOWICZ, MARCIN; PAWLISZYN, JANUSZ. Solid phase microextraction coupled to mass spectrometry via a microfluidic open interface for rapid therapeutic drug monitoring. ANALYST, v. 144, n. 12, p. 3721-3728, JUN 21 2019. Citações Web of Science: 0.
ZHANG, LI; GIONFRIDDO, EMANUELA; ACQUARO, JR., VINICIUS; PAWLISZYN, JANUSZ. Direct immersion solid-phase microextraction analysis of multi-class contaminants in edible seaweeds by gas chromatography-mass spectrometry. Analytica Chimica Acta, v. 1031, p. 83-97, NOV 15 2018. Citações Web of Science: 9.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.