Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do treinamento físico aeróbio sobre a expressão do microRNA-34c* no coração de ratos com diabetes tipo i induzida por estreptozotocina

Processo: 16/14848-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2017
Vigência (Término): 30 de abril de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Edilamar Menezes de Oliveira
Beneficiário:Clara Nóbrega
Instituição-sede: Escola de Educação Física e Esporte (EEFE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Diabetes mellitus

Resumo

A diabetes mellitus (DM) é uma doença relacionada a alterações no metabolismo de glicose, envolvendo a produção, secreção e captação de insulina. Esta doença, que já possui status de epidemia, desencadeia uma série de outros distúrbios e problemas no paciente, como insuficiência renal, problemas relacionados a retina, derrame cerebral, e especialmente doenças cardiovasculares, que são a principal causa de morte por DM.Considerando a necessidade de mecanismos capazes de reverter os quadros instaurados por essa doença, o treinamento físico aeróbio (TFA) surgiu como uma estratégia não farmacológica de prevenção e tratamento. O TFA promove um controle da glicemia, aumento na sensibilidade a insulina, diminuição do peso corporal, e consequentemente de lipídios, melhora na função cardiovascular, promovendo a manutenção da pressão arterial (PA).Entretanto, os mecanismos intracelulares pelos quais o TFA estimula essas respostas ainda não está elucidado, trazendo questionamentos acerca de uma nova classe de moléculas capazes de regular pós-transcricionalmente a expressão de seus genes alvos, que são os microRNAs (miR). Já é conhecido, porém, que estas pequenas sequências endógenas de RNA mensageiro têm sua expressão regulada pelo treinamento físico.O miR-34c* apresentou uma expressão exacerbadamente diminuída no ventrículo esquerdo (VE) de animais Wistar saudáveis submetidos ao TFA. Além disso, em cultura de cardiomiócitos de ratos Wistar neonatos, a inibição do miR-34c* promoveu um brusco aumento da expressão gênica do KLF11, e aumento na captação de glicose. É sabido que o KLF11 tem funções envolvidas com a regulação do crescimento celular via TGF-Ð, o aumento de sua expressão é capaz de controlar o gene da insulina, e ainda tem sua expressão down-regulada na insuficiência cardíaca.Dessa forma, este trabalho tem como hipótese a de que o TFA é capaz de promover a inibição do miR-34c* no VE de ratos diabéticos, e que esta regulação pode desencadear respostas na hipertrofia cardíaca fisiológica e, principalmente, na melhora metabólica deste tecido, podendo ser a resposta sobre os mecanismos que regulam a translocação de Glut-4, induzindo, portanto, o aumento da captação de glicose no tecido cardíaco, estabelecendo uma melhora no quadro global da DM. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.