Busca avançada
Ano de início
Entree

Características físico-químicas e biológicas do cimento experimental à base de silicato tricálcico dopado com íons flúor

Processo: 17/16947-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2017
Vigência (Término): 30 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Mario Tanomaru Filho
Beneficiário:Fernanda Rubio
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Silicato tricálcico   Agregado trióxido mineral   Propriedades físicas   Citotoxicidade

Resumo

Novas formulações de cimentos à base de silicato tricálcico são desenvolvidas. Cimento experimental à base de silicato tricálcico (C3S) é indicado na forma pura (C3S). Atualmente, silicato tricálcico dopado com íons flúor (C3S-F) tem sido desenvolvido com potencial uso como biomaterial reparador. Objetivo deste estudo será avaliar os novos materiais à base de silicato tricálcico (C3S-F) associados ao radiopacificador tungstato de cálcio a 30%, e compará-los ao MTA Repair HP. Serão avaliadas as propriedades físico-químicas, viabilidade e bioatividade celular. Os testes tempo de presa, radiopacidade e solubilidade serão baseados na ISO 6876. A mensuração de pH será realizada por meio de pHmetro digital. Os testes MTT e vermelho neutro serão realizados para definir a diluição do eluído dos materiais. Posteriormente, novo ensaio MTT e ensaio de fosfatase alcalina serão realizados para avaliação da viabilidade celular e bioatividade após contato com eluído dos materiais por 3 e 7 dias. O ensaio vermelho de alizarina será realizado para identificar o depósito de cálcio em cultura de células após 21 dias de contato com o cimento. Os dados obtidos para cada avaliação serão submetidos aos testes estatísticos apropriados, com nível de significância 5%. (AU).