Busca avançada
Ano de início
Entree

Mecanismos moleculares envolvidos na transição entre o estado primed e naive de células-tronco embrionárias

Processo: 17/15929-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Rodrigo Alexandre Panepucci
Beneficiário:Amanda Cristina Corveloni
Instituição-sede: Hemocentro de Ribeirão Preto. Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP (HCMRP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Assunto(s):Células-tronco pluripotentes   Células-tronco embrionárias   MicroRNAs

Resumo

As células-tronco embrionárias (CTE) de camundongos podem ser derivadas da massa celular interna do blastocisto tanto na fase pré como pós implantação, originando respectivamente às mESC ou EpiSCs. In vitro, estas células apresentam diferentes características funcionais, fenotípicas, epigenéticas e moleculares. As mESC (Naive) são consideradas mais primitivas e indiferenciadas e as EpiSCs (Primed) já estariam preparadas para responder a sinais indutores para diferentes camadas germinativas. As CTEhs humanas possuem traços de células Primed, porem podem ser revertidas para o estado Naive, com uso de inibidores farmacológicos de certas vias. Recentemente utilizando uma abordagem de microscopia de fluorescência quantitativa automatizada (High Content Analysis, HCA), nosso grupo identificou microRNAs com efeitos pró-pluripotência na linhagem H1 de CTE humana e resultados que indicam que a inibição da via de sinalização Notch, por mecanismos pós-transcricionais, está ligada à manutenção/indução da pluripotência. Estes resultados junto com dados da literatura, indicam que a via Notch está associada ao estado Primed nas CTEh, porém, sua função no contexto da transição Naive/Primed ainda não foi investigada. Desta forma o objetivo deste trabalho é, utilizando as linhagens H1 (XY) e H9 (XX) de células-tronco embrionárias humanas, estabelecer um processo de reversão Primed/Naive, através do método LIF-3i e caracterizar esta conversão fenotípica, epigenética e transcricionalmente, e na linhagem H9 a inativação do cromossomo X. Em seguida as células Primed e Naive serão comparadas quanto ao status de ativação da via Notch.e posteriormente o papel desta via será avaliado pelo silenciamento de componentes da via por siRNAs.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.