Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelagem e análise de processos de um Sistema-de-Sistemas de saúde eletrônica

Processo: 18/00776-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Vigência (Término): 30 de junho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Metodologia e Técnicas da Computação
Pesquisador responsável:Elisa Yumi Nakagawa
Beneficiário:Edilson Bunicenha Junior
Instituição-sede: Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Engenharia de software   Arquitetura de software   Sistema de sistemas   Serviços de saúde

Resumo

Sistemas de Sistemas (do inglês, System-of-Systems ou SoS) aparecem em resposta à complexidade crescente de sistemas intensivos de software que são formados por sistemas independentes e complexos. Em particular para o domínio da saúde, existem vários sistemas heterogêneos, tais como para registros de saúde eletrônicos, registros médicos eletrônicos, sistemas de informação de saúde, sistemas de gerenciamento hospitalar e sistemas de regulação, que podem compor um SoS, referenciado como eHealth SoS. Visando melhorar a qualidade e ampliar o acesso de serviços de saúde disponíveis atualmente, um eHealth SoS precisa ser capaz de apoiar ações rápidas e efetivas por parte de profissionais da saúde (incluindo médicos, hospitais e enfermeiros) e também de governos e legisladores da saúde pública. O principal problema abordado nesse projeto é que no Brasil e até mesmo em países desenvolvidos ainda falta um entendimento abrangente sobre os processos que precisam ser apoiados por um eHealth SoS. Em última instância, esse problema pode prejudicar ou até mesmo levar à morte de pacientes, uma vez que sistemas ineficientes e incompatíveis são incapazes de compartilhar a evolução clínica de pacientes pela Rede de Atenção à Saúde (RAS). O principal objetivo deste projeto é contribuir para o desenvolvimento de um eHealth SoS para o cenário brasileiro. Para alcançar esse objetivo, o candidato irá projetar, descrever e avaliar modelos de processo que fundamentam esse SoS e que serão automatizados por esse sistema. Os resultados desse projeto, ou seja, os modelos de processo, serão avaliados quantitativa e qualitativamente com interessados e prestadores de serviços de saúde da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto/SP da USP (FMRP-USP). Além disso, esse projeto irá contribuir em projetos de pesquisa maiores que estão sendo desenvolvidos em paralelo, em particular o projeto de uma arquitetura de software para esse eHealth SoS (FAPESP N.2017/22207-2, em análise) e também para o projeto, avaliação e evolução de SoS (FAPESP 2017/06195-9, 01/07/2017 a 30/06/2019). (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.