Busca avançada
Ano de início
Entree

O desenvolvimento como projeto: as concepções de agricultores, extensionistas e gestores no município de Pelotas/RS

Processo: 17/04889-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Vigência (Término): 30 de novembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Pesquisador responsável:Rosangela Aparecida de Medeiros Hespanhol
Beneficiário:Maiara Tavares Sodré
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Agricultura familiar   Políticas públicas   Geografia agrária   Território   Desenvolvimento

Resumo

A presente proposta de pesquisa objetiva compreender as concepções de desenvolvimento que orientam as demandas de agricultores familiares e norteiam a ação de gestores públicos e extensionistas ligados à operacionalização das políticas públicas para a agricultura familiar no município de Pelotas/RS. Esta pesquisa justifica-se pela possibilidade que descortina de propor uma reflexão detida sobre o conteúdo de um termo amplamente incorporado ao léxico cotidiano, porém, com frequência, de forma pouco precisa. Com essa reflexão oportuniza-se a possibilidade de contribuição para a produção teórico-acadêmica no campo da Geografia, ao propor-se uma necessária ponderação sobre as estratégias de desenvolvimento adotadas pelo Estado para o rural brasileiro. Visando a consecução do objetivo indicado, pretende-se o emprego de uma metodologia com viés prioritariamente qualitativo, a ser operacionalizada através da realização de entrevistas por pautas (GIL, 1987) com quatro grupos de informantes (gestores públicos, extensionistas, agricultores familiares atendidos por políticas públicas e agricultores familiares não beneficiários de políticas públicas). As informações obtidas serão analisadas por meio do emprego das técnicas de análise de conteúdo (BARDIN, 1977), à luz das proposições da Teoria do Desenvolvimento de Peet e Hartwick (2009).