Busca avançada
Ano de início
Entree

As cores no grego antigo: o caso de khlorós

Processo: 17/26698-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2018
Vigência (Término): 30 de abril de 2019
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Línguas Clássicas
Pesquisador responsável:José Marcos Mariani de Macedo
Beneficiário:Victor Moraes de Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Linguística cognitiva   Língua grega   Terminologia   Classificação   Percepção de cor   Pigmentação   Espectros

Resumo

A terminologia de cores no grego antigo compõe um problema longamente discutido, que tem reflexos na teoria linguística e na tradução e recepção dos textos. A elaboração de Moonwomon (1994) de um quadro de cores para o grego arcaico, segundo o modelo evolutivo de Berlin & Kay (1969), suscita problemas que permanecem sem resposta. Em especial, figura a violação da repartição binária básica do espectro, estabelecida por Heider (1972): Moonwomon postula haver termos de cores que ocupam porção quente e escura do espectro, assim como termos correspondentes a uma porção fria e clara do espectro. Também estranha é sua proposição do estabelecimento de uma nova dimensão repartidora do espectro - a dimensão da saturação. Este projeto investigará khlorós, um dos termos problemáticos na categorização de Moonwomon. Escolheu-se o termo por sua ampla representação nos corpora e larga rede de termos etimologicamente relacionados no ramo grego e outros cinco ramos indo-europeus. A metodologia de pesquisa envolve a coleta exaustiva dos termos gregos, e recolhimento em dicionários etimológicos de termos das demais línguas. A todos os termos procederá sua classificação morfológica e semântica. No campo teórico, haverá um confronto da bibliografia de Moonwomon (1994) com paradigmas contemporâneos da Linguística Cognitiva a respeito classificação de cores. Ao fim do projeto, os dados, à luz da síntese teórica, serão substrato para elaboração de um reexame do artigo de Moonwomon, aprofundando a discussão da terminologia de cores. (AU)