Busca avançada
Ano de início
Entree

Teoria de campos efetiva para a QCD com quarks e glúons constituintes e bo sons de Goldstone

Processo: 18/06234-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física das Partículas Elementares e Campos
Pesquisador responsável:Gastão Inácio Krein
Beneficiário:Bruno Lopes da Costa
Instituição-sede: Instituto de Física Teórica (IFT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Física de hádrons   Teoria de campos   Teorias efetivas   Cromodinâmica quântica   Quebra dinâmica da simetria quiral   Hádrons

Resumo

O foco do projeto é uma teoria de campos efetiva para a cromodinâmica quântica para tratar fenômenos hadrônicos a energias moderadas. A teoria efetiva é construída com base no fenômeno da quebra dinâmica da simetria quiral (QDSQ), tem como graus de liberdade quarks e glúons constituintes e píons, e sua lagrangeana é construída tratando o número de cargas de cor N_c como sendo grande. Os quarks constituintes e píons são graus de liberdade efetivos emergentes da QDSQ, e os glúons constituintes emergem das mesmas interações fortes que levam à QDSQ. O projeto consiste em calcular funções de correlação hadrônicas com os números quânticos do píon formados por um par quark-antiquark constituinte. O objetivo do cálculo é obter a massa desses estados e verificar se eles são estados ligados. O cálculo vai esclarecer questões relacionadas a uma possível dupla contagem de graus de liberdade piônicos nessa teoria efetiva. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.