Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento do primeiro modelo experimental de infecção por Vírus Ilhéus (ILHV) em camundongos e delineamento de estratégias terapêuticas

Processo: 18/02993-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de julho de 2018
Vigência (Término): 30 de abril de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia
Pesquisador responsável:Rafael Elias Marques Pereira Silva
Beneficiário:Ana Carolina de Carvalho
Instituição-sede: Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Flavivirus   Viroses   Encefalite de Saint Louis   Modelos animais

Resumo

Arbovírus (do inglês Arthropod-Borne Vírus, ou "vírus transmitidos por artrópodes") são um problema de saúde global devido ao seu potencial danoso à saúde humana. Quando estabelecem ciclos de transmissão em áreas urbanas, arbovírus podem ocasionar epidemias como as ocorridas em 2014 e 2015 com os vírus da Chikungunya e Zika. O Vírus Ilhéus (ILHV, gênero Flavivirus), isolado na Bahia em 1944 e circulante em território nacional, é um arbovírus negligenciado e potencialmente emergente. Pouco se sabe sobre a epidemiologia, biologia e doença causada pelo vírus, em parte devido à quantidade limitada de estudos e à ausência de uma política pública de monitoramento do vírus. Estudos preliminares realizados por nosso grupo de pesquisa e relatos na literatura apontam o Vírus Ilhéus como causador de doenças neurológicas graves, caracterizadas por Encefalite, semelhante a outros flavivírus como o vírus da Encefalite de Saint Louis (SLEV) e Vírus Rocio (ROCV), também prevalentes no Brasil. Em função do conhecimento limitado existente sobre o ILHV, especificamente sobre seu potencial patogênico, propomos estabelecer um modelo de infecção e doença em camundongos. Entende-se que a criação de modelos experimentais para estudo de doenças é um passo importante que precede o desenvolvimento de tratamentos. Assim, ao investigar a patogênese da doença neurológica causada por ILHV, delinearemos mecanismos de susceptibilidade e resistência à infecção/doença e proporemos estratégias terapêuticas. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.