Busca avançada
Ano de início
Entree

Interação de nutrientes com material tipo húmico extraído de água de processo da carbonização hidrotérmica de bagaço de cana-de-açúcar com vinhaça

Processo: 18/05673-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2018
Vigência (Término): 31 de julho de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Altair Benedito Moreira
Beneficiário:Vinicius Sarracini Santos
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/18831-2 - Substâncias tipo húmicas de água de processo: capacidade complexante e caraterização utilizando Fluorescência Molecular, BE.EP.IC
Assunto(s):Química ambiental   Substâncias húmicas   Carbonização   Bagaço de cana-de-açúcar   Vinhaça

Resumo

As substâncias húmicas (SH) são componentes macromoleculares complexos resultantes da degradação química e biológica de resíduos vegetais e animais. Elas são amplamente distribuídas em solos, águas naturais e sedimentos. Estudos têm demonstrado que a carbonização hidrotérmica (CHT) de biomassa produz um material rico em carbono recalcitrante, denominado carvão hidrotérmico e uma fase líquida denominada de água de processo. O processo emprega temperaturas brandas de no máximo 300°C, biomassa úmida e pressões autogeradas. A água de processo apresenta elevada quantidade de matéria orgânica e alguns nutrientes. Este trabalho tem como objetivo caracterizar e estudar a capacidade complexante do "material tipo húmico"(MTH), extraído da água de processo com os metais cobre e alumínio. Neste trabalho a CHT será conduzida utilizando os subprodutos do setor sucroenergético, o bagaço de cana-de-açúcar e a vinhaça. A carbonização será realizada a 232°C empregando uma mistura de bagaço de cana-de-açúcar e vinhaça com adição de porcentagens de ácido sulfúrico 1 e 4%. O MTH será extraído da água de processo seguindo as recomendações da Sociedade Internacional de Substâncias Húmicas. O MTH extraído da água de processo será caracterizado por análise elementar (CHNS), análise da concentração de carbono orgânico total (TOC), espectrofotometria de UV-Vis, Fluorescência Molecular e Ressonância Magnética Nuclear-RMN. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.