Busca avançada
Ano de início
Entree

Homologia persistente e seus geradores aplicados no envelopamento de proteínas

Processo: 18/20659-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2019
Vigência (Término): 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Matemática - Geometria e Topologia
Pesquisador responsável:Marcio Fuzeto Gameiro
Beneficiário:Carlos Henrique Venturi Ronchi
Supervisor no Exterior: Konstantin Mischaikow
Instituição-sede: Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa: Rutgers The State University of New Jersey, New Brunswick, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:17/14678-0 - Geradores de homologia persistente e aplicações, BP.MS
Assunto(s):Homologia   Topologia   Proteínas   Estabilidade proteica   Aprendizado computacional

Resumo

A homologia persistente é uma área em grande crescimento dentro da topologia computacional. Recentemente pesquisadores tem tentado aplicar estas novas ferramentas topológicas em problemas da vida real, desde ciência dos materiais até o estudo das proteínas. O problema de envelopamento das proteínas se trata de saber o quão estável uma proteína é sobre a proteólise, ou seja, quão facilmente uma proteína se quebra em aminoácidos ou polipeptídeos. A homologia persistente pode ser aplicada na sequência de carbonos de uma proteína, assim obtendo o diagrama de persistência, que nos dá a impressão topológica, uma informação topológica da proteína. O aprendizado de máquinas juntamente da homologia persistente é usado para determinar a estabilidade da proteína.