Busca avançada
Ano de início
Entree

Clonagem da metacaspase yca1 com a deleção do N-terminal

Processo: 18/16761-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 31 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Mauricio Ferreira Marcondes Machado
Beneficiário:Isabela Ramos Sales Prado
Instituição-sede: Pró-Reitoria Acadêmica. Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Campus da Sede Mogi das Cruzes. Mogi das Cruzes , SP, Brasil
Assunto(s):Clonagem   Morte celular   Proteínas recombinantes   Saccharomyces cerevisiae

Resumo

Metacaspases são peptidases de eucariotos inferiores similares as caspases, que são enzimas que participam do sistema de morte celular em mamíferos. Foram encontrados diversos tipos de metacaspases em plantas, fungos e protozoários. Experimentos de viabilidade celular demonstraram que elas, assim como as caspases em mamíferos, estão intimamente correlacionadas com a morte celular programada nestes organismos. Do ponto de vista da especificidade por substrato as caspases possuem afinidade por resíduos de ácido aspártico na posição P1, além de importantes interações com os resíduos específicos dependendo da caspase nas posições P2, P3 e P4, de maneira que existem substratos disponíveis que são capazes de diferenciar as diversas caspases. Porém, as metacaspases possuem uma especificidade por resíduos de arginina ou lisina na posição P1 e até o momento existem poucos estudos sobre a especificidade por substrato dessas enzimas. O presente projeto de pesquisa tem como finalidade a clonagem da metacaspase YCA1 de Saccharomyces cerevisiae contendo a deleção de 86 aminoácidos do N-terminal, possibilitando a caracterização bioquímica desta peptidase.