Busca avançada
Ano de início
Entree

Infecção vertical pelo vírus Zika e suas repercussões na área materno-infantil

Processo: 18/20917-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2018
Vigência (Término): 30 de novembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Saulo Duarte Passos
Beneficiário:Raianny Augusta Rosario de Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ). Prefeitura Municipal de Jundiaí. Jundiaí , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/08578-0 - Infecção vertical pelo vírus Zika e suas repercussões na área materno-infantil, AP.TEM
Assunto(s):Pediatria   Prevenção de doenças   Vírus Zika

Resumo

Sabemos das consequências que o Zika vírus (ZIKV) pode acarretar durante o período gestacional, por tanto a coleta de informação da paciente e seu acompanhamento médico são importantes para iniciarmos estudos que possam possibilitar encontrar maneiras de combater o ZIKV. Esta informação da paciente, junto com a de outros pacientes criam um banco de dados fundamental para realizar estudos a respeito. Torna-se necessário uma boa organização de todo este processo, como a atualização das informações é constante, é importante criar ferramentas que possibilitam facilitar e otimizar esta tarefa. A implantação do Ciclo PDCA (Planejar, fazer, checar e agir), pode ser uma ferramenta de gestão muito importante para este estudo, porque o objetivo principal é promover a melhoria continua dos processos, utilizando quatro ações principais, o "planejamento" que estabelece a metas, em seguida o "fazer" que conduz a maneira que será feito para alcançar as metas, depois é necessário "checar" o andamento do que definido e se está sendo feito corretamente e tomar as "ações" para obter as metas definidas anteriormente.