Busca avançada
Ano de início
Entree

Infecção vertical pelo vírus Zika e suas repercussões na área materno-infantil

Processo: 17/22007-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2017
Vigência (Término): 30 de abril de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Saulo Duarte Passos
Beneficiário:Danila Vedovello de Jesus
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ). Prefeitura Municipal de Jundiaí. Jundiaí , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/08578-0 - Infecção vertical pelo vírus Zika e suas repercussões na área materno-infantil, AP.TEM
Assunto(s):Arbovirus   Perfil de saúde   Pediatria

Resumo

Os arbovirus são vírus transmitidos por artrópodes que causam um espectro de sintomas que varia de doença febril a encefalites e são de grande importância em saúde pública. Os mais conhecidos e que circulam no Brasil são a Febre Amarela, Dengue e recentemente Chikungunya e Zika. O Zika emergiu recentemente no Brasil, sendo associado a casos de febre, artralgia e síndrome de Guillain-Barré e má formação congênita. Esse vírus é relacionado antigenicamente com o vírus da Dengue e o da Febre Amarela, o que dificulta a sua identificação sorológica. Apresenta sintomatologia semelhante á outros arbovirus como o vírus Chikungunya, o que dificulta sua identificação através de sinais clínicos. Casos a recentes de microcefalia em recém-nascidos foram associados ao Zika. Porém, a relação causal entre a presença do Zika e a microcefalia é fraca pela falta de grandes estudos de coorte. Esse estudo pretende justamente investigar a epidemia de Zika e outros arbovirus em coorte prospectiva de cinco anos, formada por gestantes e seus recém-nascidos, validar métodos de diagnóstico sorológicos e moleculares, relacionar dados laboratoriais e clínicos, quantificar e isolar o vírus a partir de diferentes amostras clínicas, além de monitorar características sorológicas e moleculares dos isolados. Desta forma serão respondidas questões relacionadas à epidemia de Zika e de outros arbovirus que co-circulam no Brasil. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MELLO, ALEXANDRA SIQUEIRA; PASCALICCHIO BERTOZZI, ANA PAULA A.; RODRIGUES, MARIA MANOELA D.; GAZETA, ROSA ESTELA; MORON, ANTONIO F.; SORIANO-ARANDES, ANTONI; PEREIRA SARMENTO, STEPHANNO GOMES; VEDOVELLO, DANILA; SILVA, ANDREA CRISTINA B.; GRILLO FAJARDO, THAMIRYS C.; WITKIN, STEVEN S.; PASSOS, SAULO D.; CONSORTIUM, COHORT ZIKA JUNDIAI. Development of Secondary Microcephaly After Delivery: Possible Consequence of Mother-Baby Transmission of Zika Virus in Breast Milk. AMERICAN JOURNAL OF CASE REPORTS, v. 20, p. 723-725, MAY 21 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.